Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 3.679.589 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 *** Utilidade Pública importante... repassando.***

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
2925
Segunda-feira, 14 de setembro de 2009 - 08:40:30

*** Utilidade Pública importante... repassando.*** 

 

 

http://myaspartamee xperiment. com/ 

Veja os ratos com câncer de útero, mama, próstata, pescoço, olho, etc... por ingerirem aspartame diariamente! 

E depois tem gente que diz que aspartame não faz mal! 

 

Para quem não acredita ainda, depois de ver as fotos do site anterior, leiam os artigos científicos a seguir todos provando que aspartame é cancerígeno: 

http://www.ehponlin e.org/members/ 2008/10716/ 10716.pdf 

http://www.ramazzin i.it/fondazione/ pdfUpload/ Environ%20Health %20Perspect% 20114%20379- 385_2006. pdf 

http://www.ramazzin i.it/fondazione/ pdfUpload/ Eur%20J%20Oncol% 20Vol%2010% 20107-116_ 2005.pdf 

 

Posição favorável da anvisa dizendo que aspartame não faz mal: http://www.anvisa. gov.br/ALIMENTOS /informes/ 17_190106. htm Anvisa, absurdo um órgão que era para nos proteger, prostituindo- se à indústria alimentícia e farmacêutica por dinheiro, enquanto milhares de pessoas comem este veneno em todo o país! 

Cartilha da ajnomoto que divulga o uso favorável do aspartame: http://www.ajinomot o.com.br/ 2007/files/ pdf/aspartame_ pt.pdf 

Alguns adoçantes contendo aspartame: 

Aspartame Lowçucar 

Finn 

Slim Swett 

Adocyl 

Zero-Cal 

Aspasweet pó 

Doce Menor 

Gold 

Cristal diet 

Docy low 

Cristal diet 

Equal 

Stevia Classis Lowçucar 

Multi-Adoçante Lowçucar 

Zero-Cal 

Mid Sugar 

Docy low 

Docy low 

Línea 

Alguns produtos do mercado que tem aspartame: 

Coca cola zero e vários refrigerantes light e diet 

Biscoitos, balas (ex. trident), yougurtes (ex. activia), sucos e outros demarcados como diet ou light (verificar sempre na composição se tem aspartame). 

O aspartame também é chamado de FENILALANINA, e quando isso é estampado no rótulo dos alimentos significa que tem ASPARTAME.  

Produtos com aspartame podem causar cancer, veja videos aqui: http://aminhadieta. blogs.sapo. pt/140232. html 

____________ _________ _________ _____ 

http://alerjln1. alerj.rj. gov.br/scpro0711 .nsf/1061f759d97 a6b24832566ec001 8d832/004fc40fc9 d99a348325742e00 6d236b?OpenDocum ent 

 

PROJETO DE LEI Nº 1474/2008 

EMENTA: OBRIGA OS FABRICANTES DE PRODUTOS QUE CONTÊM ASPARTAME A ESPECIFICAR NA EMBALAGEM DOS MESMOS A QUANTIDADE CONTIDA DESTE ADOÇANTE E A DOSAGEM DIÁRIA RECOMENDADA AO ORGANISMO HUMANO PELA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS) QUE É DE 48 GRAMAS 

Autor(es): Deputado ROBERTO DINAMITE 

 

A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 

 

RESOLVE: 

Art. 1º - Ficam os fabricantes de produtos que contêm aspartame obrigados a especificar na embalagem dos mesmos a quantidade contida deste adoçante e a dosagem diária recomendada ao organismo humano pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 48 gramas. 

Art. 2º - O Poder Executivo regulamentará esta lei por ato próprio. 

Art. 3º - Esta lei entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário. 

Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 16 de abril de 2008. 

 

ROBERTO DINAMITE 

Deputado Estadual 

PMDB 

 

JUSTIFICATIVA 

O presente projeto de lei obriga os fabricantes de produtos que contêm aspartame a especificar na embalagem a quantidade contida deste adoçante e a dosagem diária do mesmo recomendada pela Organização Mundial de Saúde, ao organismo humano que é de 48 gramas diárias. A finalidade é resguardar a saúde dos consumidores em nosso estado.. 

Neste abril de 2008 o Ministério Público Federal (MPF) encaminhou recomendação à Anvisa para que os fabricantes de alimentos indiquem em seus rótulos a quantidade de aspartame em seus produtos para que o consumidor conheça o limite recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) ao organismo humano que é de 48 gramas diárias. 

O projeto é uma resposta a estudo recente relatado na Conferência do Colégio Americano de Medicina, nos EUA, em que os males do aspartame foram debatidos pela classe médica daquele país. 

Para quem não sabe, o aspartame, segundo estudos desenvolvidos, é um agente cancerígeno que além de adoçar, provoca dano cerebral como também, algumas reações nocivas ao organismo humano e pode até agravar diversas enfermidades, se consumido em excesso. Existem no mercado brasileiro mais de três mil produtos com aspartame. 

O Food and Drug Administration (FDA) nos EUA, uma espécie de Anvisa norte-americana, relacionou 92 sintomas relacionados com o consumo excessivo do adoçante aspartame. 

Entre elas o lúpus. Depois de consumir alimento com aspartame acima do permitido pelo organismo humano, pessoas com lúpus tiveram perda de visão e esclerose múltipla diagnosticada. Portadores de Parkinson e Alzheimer também tiveram agravamento da enfermidade com a ingestão do aspartame. 

Mas existem outros dados. As gestantes que consomem a droga podem dar à luz, bebês deformados. Entre outras conseqüências para quem ingere o aspartame em excesso, está a fibromialgia, espasmos, dores pelo corpo, formigamento nas pernas, câimbras, vertigens, tontura, dores-de-cabeç a, zumbido no ouvido, dores articulares, depressão, ataques de ansiedade, fala atrapalhada, visão embaçada e perda de memória. 

____________ _________ _________ _________ ___ 

 

Outros: http://www.taps. org.br/paginas/ alimartii05. html 

 

Aspartame 

O movimento Mission Possible Internationale estabeleceu uma "Jornada Mundial de Sensibilização aos Efeitos Nocivos do Aspartame", para divulgar os riscos para a saúde causados pelo consumo - geralmente ignorado - deste adoçante usado para substituir o açúcar. 

 

Lamentavelmente, encontramos este produto freqüentemente em milhares de alimentos industrializados e nas bebidas. Também é encontrado como edulcorante em vitaminas e outros suplementos, sem indicação na embalagem. 

 

Adicionado a doces e chocolates, ele reduz o custo do produto. Tudo isso parece loucura, quando sabemos que o aspartame é um poderoso neurotóxico. Um relatório do FDA (o órgão que fiscaliza os medicamentos e alimentos nos EUA) indica 10.000 queixas apresentadas pelos consumidores, que enumeram 92 sintomas relacionados ao consumo de aspartame. Sua instabilidade química - ele se decompõe em metanol, DKP (que causa tumores cerebrais) e formaldeído (à temperaturas acima de 30°) - dá origem a uma grande quantidade de doenças. 

ASPARTAME DISEASE 

AN IGNORED EPIDEMIC 

 

A doença do aspartame uma epidemia ignorada 

Aspartame Disease an Ignored Epidemic H.J. Roberts, M.D., 

F.A.C.P., F.C.C.P. 

 

Sunshine Sentinel Press, 

West Palm Beach, FL, EUA, 

2001, 1027 p 

Esta obra monumental representa o esforço extraordinário de um médico preocupado e altamente conceituado. As implicações médicas e de saúde pública de suas observações e pesquisas sobre os efeitos de um adoçante neurotóxico usado por dois terços da população, não pode ser ignorado. A importância pioneira da sua experiência pode ser comparada à obra de Rachel Carson, "A Primavera Silenciosa", sobre o meio ambiente. 

Coca-Cola light 

Durante a guerra do Golfo (não do Iraque), dez mil soldados foram vítimas de intoxicação por Coca-Cola light. A Coca-Cola light é adoçada com aspartame. Durante os combates, os paletes com as latas ficavam expostas ao sol muito quente nessa região. 

 

A partir de 33°C, o aspartame se transforma em metanol (álcool metílico), muito tóxico, que, depois, se reduz a formaldeído (formol), ainda mais tóxico. E o que acontece no estomago a 37° C? 

 

O aspartame foi inventado pela Monsanto durante a guerra química. Há vários anos, diversos cientistas e médicos acusam sua periculosidade (diabete grave e câncer do cérebro, Journal of Neurology and Experimental Neurology, 1996). Eles querem que o aspartame seja proibido. 

 

Entretanto, continua sendo consumido amplamente em 90 países e, principalmente, pelos jovens que se preocupam em emagrecer. 

 

Veja também 

www.dorway.com/ nomarkle. html 

www.wnho.net 

(World Natural Health Organization) 

- Medical Truth Online 

Estas são as reações e os efeitos colaterais: 

 

- Dores abdominais 

- Ataques de ansiedade 

- Artrite 

- Asma 

- Reações asmáticas 

- Inchaço, edema (retenção de liquidos) 

- Problemas referentes ao nível de acúcar no sangue (hipoglicemia o hiperglicemia) 

- Cancer no cérebro (estudos em animais efectuados antes da aprovação) 

- Dificuldade respiratória 

- Ardor nos olhos e na garganta 

- Ardor nas vias urinárias 

- Dificuldade de raciocínio lógico 

- Dores na caixa toráxica 

- Tosse crônica 

- Afadigamento crônico 

- Estado confusional 

- Morte 

- Depressão 

- Diarréia 

- Tonturas 

- Excessiva sede ou fome 

- Afadigamento 

- Distorsão da realidade 

- Avermelhamento do rosto 

- Perda de cabelos (calvicie) ou ainda adelgaçamento dos cabelos 

- Dores de cabeça/cefaléias, tonturas 

- Perda da capacidade auditiva 

- Palpitações 

- Urticária 

- Hipertensão (pressão alta) 

- Impotência e outros problemas sexuais 

- Dificuldade de concentração 

- Predisposição às infecções 

- Insonia 

- Irritabilidade 

- Pruridos 

- Dores nas juntas 

- Laringite 

- Brancos na memória 

- Mudanças de personalidade 

- Perda de memória 

- Problemas e mudanças no ciclo menstrual 

- Espasmos musculares 

- Náusea e vômitos 

- Formigação e dormência das extremidades 

- Reações alérgicas e similares 

- Ataques de pânico 

- Fobias 

- Redução da memória 

- Aumento dos batimentos cardíacos 

- Reações cutâneas 

- Convulsões 

- Dificuldade de pronúncia 

- Dores ao engolir 

- Taquicardia 

- Tremores 

- Tinitus 

- Vertigens 

- Perda da vista 

- Aumento de peso 

O aspartame piora ou imita os sintomas das seguintes doenças: 

- Fibromialgia 

- Artrite 

- Esclerose múltipla 

- Mal de parkinson 

- Lupus 

- Sensibilidade a multiplos agentes quimicos 

- Diabete e complicações diabéticas 

- Epilepsia 

- Mal de Alzheimer 

- Defeitos de nascença 

- Sindrome do afadigamento crônico 

- Linfoma 

- Doença de Lyme 

- Problemas de concentração 

- Ataques de pânico 

- Depressão e outros problemas psicológicos 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 2 comentários  -  2 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Segunda-feira, 14 de setembro de 2009 - 12:49:05 

Depois de ler os artigos desta matérias e visitar os links. 

 

Como é possivel que a Anvisa diga que aspartime não faz mal à saúde?  

 

E também que ela diga que Auto-hemoterapia possa acarretar riscos imprevisíveis à saúde? 

 

LEMBRANDO que RISCOS imediatos, igual a NENHUM em mais de 100 anos, e o  ... (total de 451 caracteres)

MARCELO FETHA (fetha@ibest.com.br)?    

 Segunda-feira, 14 de setembro de 2009 - 08:48:59 

CORRIGINDO OS LINKS da  ... (total de 522 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br) //    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2020)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org