Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.444.218 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 TEXTO DE UBERVALTER COIMBRA. Auto-hemoterapia para a

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
2943
Quinta-feira, 17 de setembro de 2009 - 21:43:01

TEXTO DE UBERVALTER COIMBRA. 

 

 

Auto-hemoterapia para a WLSA Moçambique 

 

Prezados auto-hemoterápicos: 

 

nesta quarta-feira (16/09/2009) mandei carta via correios para a WLSA Moçambique informando sobre os resultados fantásticos da auto-hemoterapia. 

 

A Women and Law in Southern Africa Research and Education Trust (WLSA) é uma organização não governamental regional que faz pesquisa sobre a situação dos direitos das mulheres, em sete países da África Austral: Botswana, Lesotho, Malawi, Moçambique, Swazilândia, Zâmbia e Zimbabwe. 

 

Havia tentado contato antes pelo e-mail: wlsamoz@tropical.co.mz , mas na falta de confirmação do recebimento, mandei carta pela via clássica. 

 

O objetivo é permitir que a informação sobre a auto-hemoterapia chegue a cada canto do planeta para que as pessoas possam usufruir dos seus benefícios. 

 

A carta foi enviada às senhoras Eulália Temba / Terezinha da Silva / Maria José Arthur / Ximena Andrade / Maria Conceição Osório, diretoras da WLSA Moçambique. Deixei para contato o e-mail: ubervalter@seculodiario.com 

 

Entre outras informações enviadas, a de que o dr. Luiz Moura, médico brasileiro de 84 anos, ensina: “... A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia - comumente da prega do cotovelo - e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5ml a 20ml, dependendo da gravidade da doença a ser tratada. 

 

O sangue, tecido orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E. A medula óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então a denominação de macrófagos. Antes da aplicação do sangue, em média, a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a aplicação, a taxa sobe e, ao fim de 8h, chega a 22%. Durante 5 dias permanece entre 20 e 22%, para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir a aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há sangue no músculo. 

 

As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos que, quadruplicados, conseguem assim vencer estes estados patológicos ou, pelo menos, abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes, a auto-agressão decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue aplicado no músculo, melhorando assim o paciente. 

...”. 

 

Endereço do texto acima http://www.medicinacomplementar.com.br/tema130206.asp 

 

Vídeo com a entrevista com o Dr.Luiz Moura sobre auto-hemoterapia, duração de 2h38: 

http://video.google.com/videoplay?docid=-4554320633785209094&q=auto+hemoterapia 

 

Transcrição do vídeo do dr. LuizMoura no endereço http://docs.google.com/View?docid=ddq5qwkp_60fq37qknv 

 

A tradução para o inglês da transcriçãodo vídeo do dr. Luiz Moura está e http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_61gg74q3gs 

 

http://www.youtube.com/user/smilersun,com subtítulos em espanhol 

 

Do cientista Ricardo Veronesi, sobre o sistema imunológico (texto publicado em 1976. O Sistema Retículo Endotelial é hoje chamado de Sistema Monocítico Fagocitário): 

 

“... As principais funções do sistema R-H são: 

1) Clearance (limpeza) de partículas estranhas provenientes do sangue ou dos tecidos (inclusive células 

neoplásicas), toxinas e outras substâncias tóxicas. 

2) Clearance de esteróides e sua biotransformação. 

3) Remoção de microagregados de fibrina e prevenção de coagulação intravascular. 

4) Ingestão do antígeno, seu processamento e ulterior entrega aos linfócitos B e T 

5) Biotransformação e excreção do colesterol. 

6) Metabolismo férrico e formação de bilibirrubina. 

7) Metabolismo de proteínas e emoção de proteínas desnaturadas. 

8) Destoxificação e metabolismo de drogas. 

 

Respondendo por tantas e tão importantes funções, fácil é de se entender o papel desempenhado pelo sistema R-H no determinismo favorável ou desfavorável de processos mórbidos tão variados como sejam os infecciosos, neoplásicos, degenerativos e auto-imunes. Defeitos do sistema imunológico e sua importância na Patologia Humana Doenças infecciosas e parasitárias. Quando o organismo humano ou animal é agredido por agentes infecciosos ou parasitários, é acionado o sistema imunitário, em seus vários compartimentos, a fim de destruir ou neutralizar o agressor. Tanto a imunidade mediada por células, como a mediada por anticorpos, complementadas ao final pelos macrófagos, são movimentadas para impedir a ação patogênica do agente invasor. Conforme a natureza do agente etiológico, variará o setor mais importante de defesa, ora sendo os anticorpos humorais (como, por exemplo, o polivírus), ora os anticorpos secretórios (IgA), ora a imuidade mediada por 

células complementadas pela fagocitose dos macrófagos e dos micrófagos (polimorfonucleares neutrófilos). 

 

Além dos anticorpos, são movimentados outros elementos humorais com capacidade de neutralizar os vírus ou, indiretamente, favorecer u auxiliar a ação dos elementos de defesa do sistema imunitário. Assim, são produzidas, pelos linfócitos T, 24 linfocinas, entre elas e interferon, o M.I.F. as linfotoxinas, a IgA. 

 

...” 

 

Ricardo Veronesi foi professor de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de 

Medicina da Universidade de São Paulo e membro do Comitê de peritos em doenças 

bacterianas da Organização Mundial de Saúde, entre outros. 

Endereço do texto acima http://www.orientacoesmedicas.com.br/Imunoterapia_Dr_Ricardo_Veronesi_1976.pdf 

 

 

Auto-hemoterapia – alguns links para pesquisas 

 

http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm 

 

http://www.campanhaauto-hemoterapia.blogspot.com/ 

 

http://www.orientacoesmedicas.com.br/ver_opiniao.htm 

 

http://inforum.insite.com.br/39550/ 

 

http://www.autohemoterapia.com/ (página médica, do México) 

 

http://www.medicinacomplementar.com.br/tema130206.asp 

 

http://instituteofscience.com/books.html (em inglês) 

 

MARCELO FETHA (fetha@ibest.com.br)    

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 1 comentários  -  1 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

Sexta-feira, 18 de agosto de 2017 - 00:12:58
 

Nenhum comentário ainda.

 

Webmaster



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org