Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.411.150 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Seria legal se outras opinioes pudessem ser colocadas aqui

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Participação
4482
Sexta-feira, 3 de setembro de 2010 - 08:23:58
189.63.209.122

Seria legal se outras opinioes pudessem ser colocadas aqui neste topico.  

 

aht e produção de endorfina 

 

Prezado amigo Luis Filipe 

 

Muito interessante suas observações sobre a AHT em relação a estas doenças autoimunes e suas analises sobre a produção de endorfina 

 

Vou repassa-las aos contatos, pois alguns profissionais da área com certeza, poderão opinar de uma forma mais academica e com conhecimento de causa. 

 

O que já constatei em muitos testemunhos foi que usuarios atestam que foram beneficiados com a AHT no fator psicologico. E algumas me revelaram particularmente que encontravam-se em condições bem dificeis antes de iniciar a AHT. (dificeis mesmo, com depressões fortissimas, incluindo síndrome do panico). Há até o video daquela professora aposentada em que ela relata isso: 

O uso da autohemoterapia como auxiliar na depressão: 

http://www.youtube.com/watch?v=4pbXHSaj_Ps 

 

Na minha opinião de leigo, o pouco que sei sobre o assunto é que a depressão também tem causa organica. (Em algumas pessoas, por deficiencia metabólica, e por causas não muito bem conhecidas, a produção destes hormonios é bem menos ativa). 

 

Aproveitando, o Dr. Luiz Moura ensina que a AHT dá melhores condições ao organismo para prevenir e combater doenças. Mas quando estive com ele ele foi bem claro comigo. Que além da AHT, bons habitos como dormir bem e alimentação saudavel de maneira regular são fundamentais. 

 

O mesmo diz o autor do livro anticancer e a "banida" e antiética Dra. Ghislaine Lanctot diz que podemos curar a nós mesmos. 

 

Quem sabe novas vertentes sobre a eficacia da AHT vão surgir. 

 

O que estou me lembrando agora é que em certa ocasião até fizemos uma brincadeira que a AHT iria ser considerada como droga, pois eu mesmo fiz aplicações de 20 ml e realmente elas foram pra mim como verdadeiras injeções de ânimo. A energia que ficava após era surprendente (nas aplicações de 20 ml, eu dividia em 3 a 4ml em cada deltoide e 6 a 7ml nos gluteos. - só que parei porque tinha que levar 4 picadas toda semana, nos mesmos musculos). Hoje tenho feito 1 aplicação apenas semanalmente de 6 a 7 ml somente nos gluteos (alternando direito e esquerdo) Acho melhor este descanso dos musculos. 

 

Outra coisa que queria dizer é que meu tio de 77 anos que se curou de cancer (ainda vai fazer novos exames em 30 dias), sempre fez aplicações de 10ml - religiosamente no 6ª dia. E muitas vezes ele chegou a fazer aplicações no 5º dia. Acho isso importante dizer isso, porque primeiro a regularidade é primordial e segundo, acho que tentar aplicações no 6 dia e ou no 5 dia, também podera ser muito mais eficaz. (quem sabe). 

 

Abraços 

Marcelo 

 

 

---------- Mensagem encaminhada ---------- 

 

 

Assim vai a Saúde...pela mão da Natureza... 

 

Amigo Marcelo, envio-lhe esta síntese da minha abordagem terapêutica, que conta com enorme sucesso nas doenças relacionadas com disfunção imunológica em associação com a AHT. 

Leia com atenção, e repita a leitura se for necessário, a fim de entender até que ponto pode ir a eficácia deste tratamento...numa série de doenças debilitantes...como a E.M.(Esclerose Múltipla...) Depois...gostava que manifestasse uma opinião crítica (constructiva... :-))......e se assim entender...divulgasse... 

 

Abraço 

Luis Filipe (Oceano) 

 

-Portugal- 

 

 

...O nosso Corpo produz umas substâncias (cadeias curtas de aminoácidos) que se chamamEndorfinas. 

São produzidas nas glândulas Supra-Renais, na Hipófise, no Hipotálamo, localmente na junção entre neurónios. 

Os seus efeitos são : analgésicos e sensação de bem-estar.(“Endo”=interno+”morfina”=analgésico) 

Por isso também se classificam como neuro-hormonas endógenas (origem interna...produzidas pelo próprio Corpo) 

 

Nota à parte: 

 

...se podemos fabricar a nossa própria “morfina” no interior do corpo, então a dependência de drogas, álcool, etc...pode ter a sua explicação numa procura do Corpo pelo Bem-Estar e Felicidade que naturalmente ele já produz e que poderá por diversas razões estar em “falta”...com um nível de endorfinas muito baixo... 

 

Estas substâncias (endorfinas)...são cópias exactas dos opiáceos exógenos (produzidos no exterior do nosso Corpo) tais como a morfina, a heroína,...etc 

 

Hoje já se sabe que os receptores de opiáceos estão espalhados por todo o Corpo e, especialmente, nas células do Sistema Imunológico... Aliás, até se pensa que são as endorfinas que controlam a actividade daquelas células (por exemplo: os Linfócitos estão cheios de receptores de endorfina) 

 

Compreende-se assim que a disfunção imunológica que caracteriza doenças como SIDA(AIDS), Cancro(Cancer), Doença de Crohn, Lúpus, Esclerose Múltipla, Síndrome da Fadiga Crónica, Síndrome do Cólon Irritável, Doença de Parkinson, Penfigo, Psoríase, Artrite Reumatóide, Colite Ulcerativa,Alzheimer, Enfisema, Fibromialgia, e outras com relação com o Sistema Imunológico,...também esteja associada a baixos níveis de endorfina, nessas mesmas doenças... 

 

Aliás, é fácil de perceber a Sabedoria do Corpo ao associar, substâncias que produzem sensação de Bem-Estar, ao centro funcional do nosso Sistema Imunológico....Por isso, quando nos sentimos “em baixo” isso não é apenas uma questão psicológica, mas sim um ALERTA!!!...quanto ao estado geral da nossa Saúde. 

 

 

Ora, sabe-se que certas substâncias usadas em doses fortes, bloqueiam os receptores opiáceos exógenos (morfina, heroína,etc.) que são iguais aos receptores do Corpo para as endorfinas(produzidas pelo próprio Corpo)...Aí, o efeito das endorfinas é eliminado e as pessoas sentem um grande sofrimento de Mal-Estar...  

 

É aqui que começa o meu raciocínio naturologista ....que a prática me ajudou a compreender o sucesso da terapia... 

 

-E se aquele bloqueio dos receptores de endorfinas fosse apenas temporário...?... 

 

-E se o mesmo bloqueio fosse induzido no período em que o Corpo produz mais Endorfinas?...(entre as 21 horas e as 3 hs da manhã)... 

 

Resposta:...Assim faço....Aplicação terapêutica à noite, entre as 21hs e as 3hs da manhã, de maneira a criar um bloqueio dos receptores de endorfinas durante apenas 1 hora...A este bloqueio temporário, o Corpo responde com uma super-produção de Endorfinas - cerca de 4 a 5 vezes mais -. Este aumento extraordinário de endorfinas vai restaurar o Sistema Imunitário devolvendo ao Paciente uma sensação de bem-estar...(Sabia que as células do Sistema Imunitário, têm o maior número de receptores de endorfinas, comparando com as outras células do Corpo?...Daí a sua eficácia quando uma super-produção de endorfinas é activada...) 

 

E é aqui que entra a AHT...Imagine: 4Xmais imunidade num ambiente de 4 a 5 X mais endorfinas.... Incríveis os resultados...!... 

 

A complementaridade com outros factores terapêuticos (Actividade Física, certos Bons Alimentos -que evitam a degradação da endorfina, ImunoTerapia, acupunctura...) e outros “agentes” Naturais terapêuticos... que promovem o aumento endógeno(interno) dos níveis de endorfina no Organismo, são excelentes perspectivas para todos quantos sofrem as consequências devastadoras destas doenças decorrentes da disfunção imunológica... 

 

...Natural e Sem efeitos colaterais...!... 

 

 

Um abraço 

 

Luis Filipe 

professor/naturólogo 

naturalmentebem@mac.com 

 

 

Marcelo Fetha    

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 1 comentários  -  1 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Sábado, 4 de setembro de 2010 - 05:41:39 
189.38.188.133

Bom relato do amigo Luis Filipi. Se alguém conhecer a maneira de medir a quantidade de endorfina existente no sangue favor relatar. Será que pode ser medida sendo um hormônio como se faz com o TSH, T3 e T4 da tireoide. Assim poderia ser medida antes e depois da aplicação da AHT para verificar sua  ... (total de 594 caracteres)

Joel Martini de Campos
61 anos
- São Paulo - SP



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org