Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 3.703.507 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 O HIKARI FALU, E EU TENTEI RESPONDER: EM

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
4039
Quinta-feira, 13 de maio de 2010 - 08:30:39
201.19.97.199

O HIKARI FALU, E EU TENTEI RESPONDER: 

EM http://www.conteaqui.com.br/saude/autohemoterapia-provoca-polemica/comment-page-4/#comment-37236 

 

Hikari, vamos lá: 

A maioria das pessoas que usam tratamentos alternativos o faz após não se satisfazerem ou se conformarem com os limites e capacidades dos tratamentos médicos convencionais. São inconformados. Daí sua busca por “alternativas”. Muitas não logram sucesso. Algumas alcançam algum resultado, mas outras fornecem os efeitos buscados. A estas, a dita Ciência, antes preconceituosamente contra, passa a vasculhar seus meandros à cata da explicação ainda não alcançada e achando, tornam ela um tratamento convencional. Como exemplo os fitoterápicos. Outras, quando ainda não encontram os mecanismos de efeito, são toleradas, como a acupuntura e homeopatia... Como não conseguem explicar, apelam para o placebo, encantamento ou outra coisa que os satisfaça, não admitindo simplesmente que estão diante de algo maior que sua compreensão ainda não alcançou...  

Eu já fui radicalmente contra a AH, antes de me tornar um praticante. 

Não há em mim qualquer ranço de crendice, pois me tornei convicto de sua eficácia após me confrontar com a bibliografia da terapia... e diante de tantos resultados satisfatórios. Não sou cientista. Não me interesso a fundo para saber quis os princípios químicos de um medicamento para poder usá-lo. Da mesma forma, não tenho competência científica para tentar vasculhar cientificamente os mecanismos de ação da AH> A mim basta colher seus benfazejos efeitos. Por isso cobro de quem tem esta competência, que se procedam estudos balizadores. Sérios e isentos como todo estudo científico deve ser. Mas a Ah foi tratada de forma preconceituosa. Ora, o emprego de técnica ou medicamento em nova área que não a que gerou seu uso oficial se dá por simples observação empírica. Por exemplo, temos o AS, que é por vezes receitado para prevenção de problemas do coração... temos os fitoterápicos, que vasculhados seus meandros químicos, tornam-se algum fármaco novo. O chá da vovó em comprimidos.. Por que não há qualquer interesse em vasculhar o emprego terapêutico do sangue num músculo? Lembre-se, a Ah foi empregada por médicos, em hospitais corriqueiramente durante décadas... Abandonaram a terapia diante de fármacos, mas não por ineficácia... terapias modernas usando do mesmo princípio , o sangue como agente de cura, estão em voga, todas referendando que o sangue injetado no corpo é seguro... Há provas, indícios, ou ao menos suposições de que há sim um efeito positivo na AH.. por que ninguém se interessa a pesquisar? 

Não use o viés do complô, da animosidade contra a indústria farmacêutica para denegar a terapia. Ela já foi empregada pela dita medicina Ortodoxa, há poucos anos aqui e ainda o é em vários países. Quem usa a terapia e se defronta com sua eficácia e com seu histórico tenta achar motivos para tanta ojeriza.. soma um mais um, e só encontra esta explicação: questão mercadológica. Em minha família mesmo, temos este aspecto vívido: deixamos de consumir, não por abandono de tratamento, mas por dispensa dos médicos que os receitaram ao observar nossa melhora após o sua da AH, mais de R$700,00 /mês em remédios... Dirá o cético: curaram-se com eles e agora os detratam... Não. A maioria era de uso contínuo paliativos como os para hipertensão, menopausa, gripes esporádicas, enxaquecas, depressão, inflamação em lesão ortopédica (da qual ainda sou portador mas não tenho mais a i[dor e a inflamação por ela gerada – perda da cartilagem do joelho) ente tantas outras...  

Não uso remédios a tempos... Minha parentes deixaram de usar remédios para menopausa, para enxaquecas, para asma e hipertensão...  

Até mesmo um tumor, benigno, de tireóide, que crescia lentamente há anos, teve após a AH, redução de seu tamanho, o que causou a dispensa da programada cirurgia, APÓS a AH...Dirá o cético: coincidência, placebo. Mas temos algo mais que placebo nesta história: A Ah é empregada há século na Veterinária, e sobre isso, existem diversos trabalhos científicos... 

Sobre ocultação de efeitos colaterais, pergunto: os prejudicados tem todos os canais competentes, os órgãos de saúde para denunciar, onde não consta UM caso, mesmo tendo sido a Ah receitada por médicos aqui no nosso país desde 1918 até abril de 2007, bastante tempo portanto para surgirem efeitos nefastos. 

Tem a imprensa, ávida para mostrá-los (Nenhum achou um caso quando da cobertura midiática em 2007) e ainda os fóruns sites a internet por exemplo. Não existe essa de curandeiro, pajé ou outro termo depreciativo. Quem faz a Ah o faz por conta e ricos voluntário, à custa de seus próprios meios, muitos se auto-aplicam.. vai por terra o argumento de picaretagem, portanto. Ora, que lucro tem o usuário, ao se expor e divulgar que faz em si a AH e está colhendo incríveis benefícios? 

Será que não aparece UM que, colocando a mão na consciência pense: vou divulgar meu caso de prejuízo com a Ah para outros não sejam enganados como eu... Será que não aparece UM paciente que tendo recebido prescrição médica da AH antes de 2007, tenha se acovardado e não denunciado este médico?Será que a TV Globo, a band, os jornais e revistas que deram ampla cobertura sobre o tema foram tão incompetentes assim e não conseguiram achar UM prejudicado da AH? Puxa, devem estar trancados em casa, morrendo de medo as vítimas da AH... kkkk NE a milícia, a máfia tem este poder, pois vez por outra alguém se insurge contra seu poder e denuncia... A globo plantou falso médico recentemente e denunciou esquema de repasse de verba para médicos que indicavam determinadas farmácias... Essa mesma Globo falhou na AH Coitados, A “máfia” do sangue, da AH, é poderosa demais pra Vênus platinada kkkk 

Cara, estamos falando de saúde, a maior fone de lucros do mundo, onde se aplica a maior soma de verbas em pesquisas da humanidade! Não só são em órgãos públicos que se pesquisa.. Empresas privadas do setor investem bilhões todos os anos vasculhando tudo... 

Tamiflu está ai para provar. Este medicamento é fabricado a partir de um chá da vovó... o anis estrelado... Mas como disse eles investem.. Investimento supõe expectativa de...lucro. E com a Ah já satisfizeram este objetivo, criando-se a PPP, PRP, tampão sanguíneo peridural e tantas outras terapias semelhantes à AH...  

Não estamos falando de uma terapia criada num fundo de quintal, por um pajé um curandeiro.. Estamos falando da AUTO-HEMOTERAPIA que FOI CRIADA POR MÉDICOS, RECEITADA POR MÉDICOS, DE DOMÍNIO DOS MÉDICOS, ATÉ A INVENÇÃO DA SERINGA DESCARTÁVEL, E DESCONHECIDA DO GRANDE PÚBLICO, ATÉ SUA DISSEMINAÇÃO PELA INTERNET...  

ENQUANTO ERA DE DOMÍNIO DOS MÉDICOS, DESCONHECIDA, TUDO BEM, NÃO ERA INCONVENIENTE, PREJUDICIAL, NOCIVA E OUTRAS BALELAS DELIRANTES COM QUE TENTAM AMEDRONTAR OS QUE DELA TOMAM CONHECIMENTO. (POSTO QUE QUEM A PRATICA, NUNCA VIU ESTAS TERRÍVEIS COMPLICAÇÕES, COM SE PODE COMPROVAR PELA FALTA DE DENUNCIAS) ...  

MAS QUANDO SE TORNOU FÁCIL DE FAZER (SERINGA DESCARTÁVEL) E PÚBLICA (FOI PARAR NA INTERNET), AÍ VIROU A VILÃ DA VEZ, AS AUTORIDADES "DESCOBRIRAM" A AH E SEUS MALEFÍCIOS SOMBRIOS...  

E se vc ler alguns livros da área verá que sim há um complô para reduzir os custos em pesquisas. Veja que estão mudando as regras para a segurança dos voluntários em testes de eficácia de remédios/, os famosos cobaias humanas. Talvez deva ler A VERDADE SOBRE OS LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS e tantas outras obras do gênero, .Ou as denúncias sobre as manipulações... Mas pouco importa que vc acredite em “filantropia industrial” dos lab farmacêuticos. Estamos discutindo a eficácia da AH e da falta de interesse em esclarecer de vez esta polêmica. 

Que 3 mortes em milhão? Onde está o alarde dos lab farma nesse sentido? Só vejo sim os órgãos fiscalizadores proibindo a venda...  

Pouco sei sobre charlatões... Sei que uso a AH há 3 anos, só obtive saúde e tenho várias provas de sua eficácia. Nada lucro com isso a não ser a obrigação de cobrar de quem deve, que provem que a Ah é perigosa, ineficaz ou inócua... 

 

Sempre, quando falta argumento, que tentam desmerecer o interlocutor, até o Namir fez isso. Só que ele percebeu o ridículo deste argumento quando disse que até uma prostituta (sic) pode afirmar uma verdade um fato, sem que sua capacitação pessoal invalide este fato... Mas vamos lá, pouco importa minhas qualificações...  

Exatamente por não poder um simples médico comum, não pesquisador, postular bancar pesquisas é que a AH não é investigada... Estes observam seus resultados clinicamente. Portanto, o argumento de que quem afirma ser Ah válida é que deveria provar vai por terra, afinal, somos simples praticantes, leigos, e médicos comuns, não investigadores. 

Ora, será que não está na hora de provarem o que afirmam, dizendo ser a Ah perigosa, ineficaz? A proibição baseada apenas em um parecer, derrubou século de pesquisas, milhares de médicos e pacientes que fizeram uso da terapia por décadas não sendo registrado UM caso de complicações ou efeitos negativos... 

Será que não deviam as autoridades procederem estudos balizadores imparciais afim de proteger a população que está fazendo uso da terapia? São milhares, talvez milhões... 

Ora, de novo cobra provas dos que afirmam ser ah eficaz... 

Engano seu.. Muitos médicos se confrontam com o stablishiment e continuam a defender a terapia. Mas até o debate é proibido... Todo praticante põe sim sua mão no fogo pela terapia. Vários estão ai se expondo, como eu, questionando, cobrando mais que simples parecer, pesquisadores estão comprometendo suas carreiras ao insistirem em pesquisar a AH (UNIERUO FIOCRUZ, etc). Soube do caso de um pesquisador que apresentou uma série de 3 pesquisa na área. Com o sucesso da primeira etapa, provando a eficácia da AH, o diretor do órgão público em que trabalha proibiu as 2 outras... por que? Por que tanto medo de 5 ml de sangue no músculo? 

Já vi um médico, renomado, afirmar que seu consultório estava cheio de casos de abscessos provocados pela AH... Por que ele não convenceu UM paciente a denunciar? 

Por que ele não denunciou isso oficialmente? 

Por favor, onde vc ouviu falar em vítimas fatais? 

Será que os prejudicados, vivos ou mortos pela Ah não tem Um parente que denuncie? 

Eu tenho parentes que mesmo vendo os benfazejos efeitos da Ah na saúde de 5 pessoas há 3 anos, ainda não acreditam... Se acontecer uma complicação seria a glória para estes céticos... 

Se tem tantos casos de prejuízos por que nem os parentes e amigos denunciam? Cadê esta gente toda?  

Se quiser, posso passar os endereços da ANVISA, CREMERJ, CFM, entidades de defesa do consumidor (afinal, a AH é incrivelmente lucrativa, portanto alguém está enriquecendo e alguém está pagando, comércio... kkk.... e a Ah é procedimento médico-veterinário, os donos dos animais – alguns girando na casa dos milhões de reais, estão sendo ludibriados) ou dos jornais e canais de TV, rádio revistas, para denunciarem.. kkkk 

Talvez devessem criar uma Ang para bancar terapia para estes pobres envergonhados ...kkkkkk 

Ou quem sabe, um SA, versão sanguínea dos AA... kkkkkkk 

E sobre agulhadas, remissões expontâneas, 5 pessoas, por favor, pesquise de forma isenta.. existe um site, orientações Medicas, que faz enquete sobre o tema. Lá pode-se postar anonimamente, reclamar, denunciar, o escambau , avisa pra turma prejudicada que eles podem falar sobre seus prejuízos sem vergonha... kkk 

Se 5 pessoas pra vc é pouco, para mim é tudo pois são eu e parentes muito próximos e queridos que sei que não tem interesse algum em me enganar, ou em me manipular... nada pagam a ninguém pois fazem a Ah em si mesmos, e nada lucram pois não vendem a AH, nem agulha nem álcool, nem algodão... kkkk 

São 100% dos que sei que fazem a ah e posso averiguar pessoalmente... E são muitos mais os que sei que fazem e confio nas suas palavras. 100% deles estão satisfeitos... 

Por favor, não se esqueça da bicharada da AH, não a que o “drogado aidético” (sic) deve ver nas suas alucinações, mas aquela bicharada que recebe a Ah de um Veterinário, formado por universidades, que creio eu, não deve ser um charlatão ou picareta... 

Resumindo: pra vcs a Ah não funciona porque não é pesquisada e não é pesquisada porque não funciona. E esse pressuposto nasceu de outro, de que a Ah é picaretagem porque médicos sérios não crêem nela, portanto, só pode ser crendice...E se ninguém estudou é porque só pode ser ilusão, placebo... 

Mas.. espere ai... temos... muitas pesquisas... registros históricos, bibliográficos... experimentos científicos antigos e novos...indícios de sucesso diante de tantos relatos... 

- NÃO, dirão os céticos, feche os olhos, vc é leigo demais para entender isso... isso foge à sua compreensão... Só phds podem compreender... só em fanático que deende isso ou picaretas...  

Kkk. 

Hakiri, se quiser continuar com este debate, tudo bem, mas antes leia o que está neste link. Aqui vc vai achar provas da Ah, com links das fontes, pesquisa, trabalhos científicos brasileiros e estrangeiros novos e antigos, provas do emprego da Ah aqui e no mundo, provas de que há sim explicação da eficácia da AH, procedidas por entidades particulares como faculdade e centros de pesquisas, ou públicas como a FIOCRUZ. Tem phds, doutores, mestres que apresentaram trabalhos provando ser a AH eficaz. Aqui também tem provas de que os princípios da Ah estão sendo empregados em terapias modernas e aceitas, como o tampão sanguíneo peridural, que é a injeção de sangue autólogo (da própria pessoa) na sua coluna, há tratamentos que injetam sangue autólogo dentro de olho lesionado, usado como “cimento” em implantes ortodônticos, em lesões ortopédicas faciais, ou como estimulante de regeneração como na PPP, PRP, e outras terapias como a ozonioterapia... 

http://www.4shared.com/dir/14857797/4b1e39d7/sharing.html  

 

fórum: CLUBE CÉTICO – WWW.CLUBECETICO.ORG 

 

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=8361.0  

 

... verá um debate com médicos e detratores da terapia, cuja resposta às questões apresentadas foi a fechar o fórum... 

Me explique, por favor, como o sangue injetado num músculo é perigoso prejudicial , como usado na AH há século, mas este sangue, autólogo, injetado na coluna, nos olhos, em lesões ósseas ou de articulações, filtrado e injetado no rosto, substituindo o botox, ou na “vacina do marido” não é perigoso é seguro e eficaz... 

Mas por favor, não venha dizer porque é feito por médico, ou que eles sabem o que fazem. Todas elas podem e deveriam ser procedidas por médicos, como a AH antes da proibição dogmática... 

Estou falando do tratamento em si e não sobre os riscos DE procedimento. Afinal, até um procedimento banal como tomar um comprimido qualquer pode ser perigoso... 

 

Olivares Rocha
45 anos
 

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 1 comentários  -  1 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020 - 06:10:58
 

Nenhum comentário ainda.

 

Webmaster



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2020)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org