Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 4.050.954 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 NOVO TEXTO DE IGOR SANTOS: Seria Walter Medeiros um bêbado

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
2885
Quinta-feira, 3 de setembro de 2009 - 21:20:54

NOVO TEXTO DE IGOR SANTOS: Seria Walter Medeiros um bêbado mentiroso e arrogante? - 25 Agosto, 2009 por Igor Santos 

 

ATENÇÃO AUTORIDADES e AUTOHEMOTERAPEUTAS 

 

NOVO SITE DE IGOR SANTOS 

 

VAMOS PRESTAR MUITA ATENÇÃO A ESTES COMENTÁRIOS, INCLUINDO OUTROS COMENTARIOS DO DOUTOUR MUNIR MASSUD. 

 

NOVO SITE DE IGOR SANTOS 

 

 

 

http://uoleo.wordpress.com/2009/08/25/seria-walter-medeiros-um-bebado-mentiroso-e-arrogante/#comments 

 

 

---------- Forwarded message ---------- 

From: Viviane 

Date: 2009/9/3 

Subject: Seria Walter Medeiros um bêbado mentiroso e arrogante? - 25 Agosto, 2009 por Igor Santos 

To: Marcelo  

 

 

Marcelo, 

 

Vc já leu este texto, está em outro blog do Igor Santos, link após o texto: 

 

Seria Walter Medeiros um bêbado mentiroso e arrogante? 

 

25 Agosto, 2009 por Igor Santos 

 

Um problema que eu encontro constantemente é que, como leigo que sou, não tenho capacidade completa para interpretar publicações científicas e suas implicações, muitas vezes me valendo de meus colegas de ScienceBlogs que são especialistas nas áreas que pretendo cobrir. 

 

Porém, minha inclinação natural em direção à Ciência e meu interesse em não só aprender como tentar ensinar alguma coisa me dão certa vantagem quando comparado a, digamos, um jornalista acostumado a cobrir eventos sociais e interessado em assuntos banais e que desconhece quase que completamente como funciona um tal de Método Científico e que não faz idéia de que o plural de “anedota” não é “fatos”. 

 

Existe ainda uma nuance de pensamento que enquadra a totalidade dos indivíduos do mundo a qual dá-se o nome vaca sagrada. 

Por mais cético materialista que se seja, o sujeito reserva alguns neurônios do trabalho pesado e acredita piamente em alguma coisa sobrenatural ou supersticiosa. 

A minha vaca sagrada são zumbis. Eu tenho pleno entendimento de fisiologia para saber que eles são muito pouco prováveis em sua forma cinemática, mas reservo minha ilha particular de crença e não consigo me forçar a dizer que a ameaça zumbi é impossível. Apenas muito pouco provável. 

Para outros, pode ser evitar passar por baixo de uma escada (racionalizado como “perigo de cair um balde mesmo que não haja um visível”), não raspar o bigode de maneira alguma ou se recusar a jogar um sapato velho fora por causa de “valor emocional” (qualquer apego acima da razão é vaca sagrada), mas geralmente ninguém entra numa briga por causa disso, apenas tenta reforçar as justificativas para si mesmo. 

 

Para outros, no entanto, esse tipo de pensamento é forte o suficiente para fazer com que eles tentem defender suas crenças ridículas a qualquer custo, contra qualquer pessoa, usando qualquer artifício, por mais malicioso e claramente errado que seja. 

 

Auto-Hemoterapia é uma prática obviamente errada, inútil e potencialmente perigosa, mas isso não é impedimento suficiente para pessoas da espécie do jornalista/poeta Walter Medeiros que não só a recomendam como a defendem admoestando e usando de ataques pessoais aos seus detratores (jamais apresentando provas de que tal terapia funcione de fato, apenas esculhambando com quem fala mal dela), ajudando a disseminar uma modalidade criminosa, já proibida pela ANVISA e pelos conselhos federais de Medicina, Farmácia e Enfermagem e repudiada pela Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. 

 

Mas isso é um assunto extenso que merece consideração maior, já dada por mim no meu outro blogue: Auto-Hemoterapia e a medicina da Idade Média de mãos dadas. 

Aqui só faço propaganda. 

 

Quanto à pergunta do título, não faço ideia da resposta. 

Mas sintam-se à vontade para especular. 

 

http://uoleo.wordpress.com/2009/08/25/seria-walter-medeiros-um-bebado-mentiroso-e-arrogante/#comments 

 

 

QUANTOS ABSURDOS ESSE HOMEM ESCREVE ?!?!?!? 

Viviane. 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 2 comentários  -  2 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Quinta-feira, 3 de setembro de 2009 - 21:48:46 

A amiga Viviane pasou o link do orkut de IGOR SANTOS 

 

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=14999069778060915804  

 

Igor Santos =¦¤þ 

 

relacionamento: namorando 

aniversário: 4 abril 

idade: 28 

idiomas que falo: Português (Brasil), Inglês (Reino Unido) 

 

quem sou  ... (total de 676 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

 Quinta-feira, 3 de setembro de 2009 - 21:21:54 

ALDO GHISOLFI 

 

Bom dia. 

 

Li o seu artigo e, como para outros tantos da mesma linha, pergunto como pode afirmar ser a auto-hemoterapia uma prática obviamente errada, inútil e potencialmente perigosa? 

Se nao existe experimentos científicos ortodoxos, como negar os milhares de casos clínicos e  ... (total de 6903 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2021)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org