Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 4.015.366 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 No site Auto-Hemoterapia e a medicina da Idade Média de

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
2878
Quarta-feira, 2 de setembro de 2009 - 18:35:04

No site Auto-Hemoterapia e a medicina da Idade Média de mãos dadas 

em http://scienceblogs.com.br/uoleo/2009/08/auto-hemoterapia_e_a_medicina.php 

o Dr. Munir |Massud me respondeu (ainda não entrou minha última mesnagem nem a minha resposta a ele...) : 

 

Sr. Olivares: 

O senhor é cientificamente néscio. Sequer sabe a diferença entre o procedimento em dicussão e outras formas de uso de sanguehumano. É igualmente um desonesto intelectual. Pingar sangue no olho nada tem a ver com AHT propriamente dita e este estudo tem falhas metodológicas. O senhor deveria usar seu saber e seu esforço em coisas proveitosas, com método e regra. Não se transpõe estudos de verrugas em vcavalos para esclerodermia em seres humanos. Tenha vergonha e não incite a população para uma forma de terapia irresponsável, brincando com as esperanças alheias. Tenha vergonha e vá estudar, pois sua atitude pode resultar em danos de terceiros. 

 

Posted by: munir massud | setembro 2, 2009 1:46 PM 

 

e respondi (mas ainda não apareceu: 

 

Dr. Munir, agradeço sua orientação em estudar. Não sou pesquisador profissional, muito menos amador, sou somente um curioso... Mas não me considero desonesto, pois nada inventei, posto que os dados apresentados estejam com suas devidas fontes. Não há metodologia nenhuma nos dados apresentados. São somente o que são: dados... Mas eis que baseados neles me dou o direito, ainda que arrogante, de pensar. Questionar... Deixo as respostas lógicas a quem as devem... Desculpe se o levei ao engano... 

Realmente sou néscio, por isso me empenho em estudar, conhecer, mas me dou o direito de questionar, até mesmo para melhor compreender... Em função disto, me arvoro do direito de cobrar de quem deveria fornecer, os cientistas, os pesquisadores, as necessárias respostas às dúvidas suscitadas...  

Afinal, não sou o único que pratica esta terapia secular. Muito pelo contrário. A cada dia, novo praticante, e a cada novo praticante, um novo difusor. Quer ele queira ou não, pois os seus próximos vêem sua melhora e acabam aderindo ao tratamento... 

De tudo por um tudo, a única coisa que a proibição conseguiu, de fato, foi colocar em risco quem faz uso do tratamento, ao restringir acesso ao necessário profissional gabaritado e ao imprescindível acompanhamento médico. 

Até agora, só vi reações destemperadas, carentes de dados, provas ou pelo menos argumentos inteligíveis, não respondendo as questões levantadas, voltados mais para o ataque pessoal, desqualificando o interlocutor... 

Como disse a simples proibição não tem o condão de convencer aos praticantes que foram apresentados a esta terapia por médicos ou não, mas que observaram seus efeitos, que até o momento, são benfazejos, a despeito perigos inerentes... Relação de custo/benefício...  

A mim, esta relação ainda está muito favorável à terapia. Caso consiga entender esta dissonância entre os fatos que apurei até hoje e os motivos de sua proscrição, me renderei... Sempre acompanho sites sobre o tema daqui e lá de fora, e até agora só vi dados corroborantes... 

Sobre verrugas em animais e esclerodermia em gente, peço que o Sr. não me culpe por este trabalho... Quem o fez foi a Dra. Telma Geovanini em conjunto com o Dr. Manoel Mozart Correa Norberto, numa universidade, a UNIPAC-JF Como se pode constatar em http://www.medicinacomplementar.com.br/pdf/tema150808b.pdf 

Sobre incitações, o Dr. foi levado ao engano de novo... Não incito rebeldia às normas, dogmáticas ou não Não me sinto responsável pelas escolhas de ninguém. Proponho o questionamento dos fatos, sejam aceitos ou não. Aí, de posse da posição oficial e do seu contraditório, cada um que faça o proveito que melhor lhe aprouver.  

Eu assim estou fazendo... Há 27 meses...  

Sobre o sangue empregado nos olhos ou em outra parte, não pingado, mas injetado é bom frisar, gostaria que o senhor, com sua formação, me explicasse em linguagem leiga, bem fácil para minha capacidade, se possível, e sem querer abusar, qual a diferença entre o sangue dentro dos olhos, nos tendões e cartilagens, na coluna, no caso do Tampão Sanguíneo, nos ossos, como no PRP dos ortopedistas e ortodontistas etc, e o sangue injetado no músculo... Realmente meu discernimento não consegue entender. Como faço esta terapia há 27 meses e só observei efeitos benfazejos, gostaria de saber quais os reais riscos em que incorro... 

Obrigado pela atenção dispensada para com este humilde interlocutor e desculpe minha arrogância... 

 

 

 

 

Olivares Rocha
44 anos
- RJ

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 17 comentários  -  2 nesta página
[primeira < anterior   Página de 2     próxima >  [última]

 Sexta-feira, 4 de setembro de 2009 - 12:11:32 

COMENTARIO 45 

 

Parabéns meu amigo Dr. Walter Medeiros pelas suas respostas, sempre muito bem colocadas, bem definidas, transparentes, e desculpe somos amigos, mas respostas brilhantes. 

 

Abraços 

 

Marcelo 

 

Posted by: Marcelo Fetha | setembro 4, 2009 1:09 PM 

 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

 Sexta-feira, 4 de setembro de 2009 - 12:08:22 

CONTINUANDO A SALVAR O BLOG DO SENHOR IGOR SANTOS (precauçao apenas) 

 

Os comentários aqui são filtrados... censurados... Enviei alguns até apra o e-mail de seu administrador, mas não passaram... Falam o que quer mas não querem ouvir o que temos a falar... Então pra que blog? Bastaria criar um  ... (total de 30878 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br).//    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2021)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org