Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 3.580.076 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 IRRESPONSABILIDADE, DESPREZO PELA VIDA:  GENOCÍDIO

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Participação
6142
Quinta-feira, 14 de maio de 2020 - 15:33:53
177.191.253.12

IRRESPONSABILIDADE, DESPREZO PELA VIDA:  GENOCÍDIO 

 

CONHEÇA  TÉCNICAS  QUE  CURAM  DOENÇAS CAUSADAS POR VÍRUS, BACTÉRIAS,  FUNGOS  

E  PARASITAS  DESPREZADAS  PELA   MEDICINA  EM  PLENA  PANDEMIA  DA COVID-19 

 

* Ubervalter Coimbra  

 

A medicina ocidental praticada em todo o planeta mata milhões de pessoas, todos os anos e em todos os lugares, causando as doenças iatrogênicas (produzidas pelos médicos ou seus remédios). Só para se ter uma ideia, as doenças iatrogênicas matam 784 mil pessoas por ano, todo ano, só nos Estados Unidos da América (EUA).  Ou seja: 7,8 milhões de pessoas mortas pela medicina convencional em 10 anos.(1) Por que isto acontece? 

 

E em países como o Brasil, sequer existem estatísticas confiáveis. 

 

É que a medicina atual ignora ou despreza milhares de técnicas de curas naturais, em geral produzida por povos indígenas, quilombolas, agricultores familiares, povos orientais, entre outros. Um processo orquestrado e aplicado desde o início do século passado. 

 

Quando ocorre uma pandemia com a gravidade da Covid-19 é um deus nos acuda: Não há tratamentos conhecidos. E os médicos saem desesperados a pesquisar, junto com os cientistas. 

 

Não há tratamentos conhecidos por quê? Porque uma enorme gama de conhecimentos sobre técnicas de cura são desprezados pela medicina ao longo da história. Só alguns médicos, e aí em todo o planeta, se dão ao trabalho de conhecer técnicas ancestrais e aplicá-las. 

 

A história da medicina praticada atualmente mudou definitivamente na década de 30 do seculo passado quando foi decretado que os médicos não mais poderiam praticar técnicas convencionais de cura. Teriam que usar unicamente os remédios produzidos pela indústria farmacêutica nascente, consolidando plano de John Davison Rockefeller (nasceu em 1839 e morreu 1937), bilionário do setor de petróleo, que vendeu petróleo como remédio,  de dominar o setor médico e farmacêutico exclusivamente para ganhar dinheiro. 

 

Para conhecer esta história ver artigo da dra. Caroline Salume  

https://www.portaldomedico.com/noticia/leia/044848cb-c0c5-499e-b5a3-b76d1102ed20/descubra-o-real-significado-do-termo-mafia-medica-e-quem-e-seu-verdadeiro-criador   

 

E ainda, como "Rockefeller fundou a medicina moderna e matou as curas naturais" em   

https://longevidadepersonalizada.com/rockefeller-fundou-a-medicina-moderna-e-matou-as-curas-naturais/  

 

Inclua a tese de doutorado de Eduardo Bueno da Fonseca Perillo em  

https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-25112008-125024/publico/TESE_EDUARDO_BUENO_DA_FONSECA_PERILLO.pdf 

 

O plano de Rockefeller na prática destruiu as faculdades de medicina homeopáticas, de grande prestígio em todo o mundo e particularmente nos EUA, e toda a cultura de saúde dos povos nativos. 

 

A  auto-hemoterapia  

 

Uma das técnicas mais promissoras e estudadas no início do século XX era a auto-hemoterapia. No final de década de 30, Jésse Teixeira, cientista brasileiro e médico, provou que a auto-hemoterapia aumenta a imunidade em quatro vezes, por cinco dias. Seu trabalho valeu premiação e foi publicado em março de 1940  

http://www.rnsites.com.br/artigo_jesse_teixeira.pdf  

 

Desde o início do século passado esta técnica foi usada com sucesso em todo o país. Campanha de descrédito da técnica realizada como parte da doutrina divulgada para o planeta a partir dos EUA, levou a auto-hemoterapia ao desuso como tratamento de massa, embora tenha continuado em todo o Brasil em pequenos grupos.  

 

Em 2004, graças a entrevista do dr. Luiz Moura que acabou na internet, a auto-hemoterapia ganha merecido prestigio como técnica de cura, e não só no Brasil. Milhões de brasileiros a usam. 

 

Para atender a indústria farmacêutica, principalmente a transnacional,  a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Governo Federal e o Conselho Federal de Medicina (CFM), de forma orquestrada, proíbem o uso da auto-hemoterapia no país. 

 

A proibição criminosa foi em 2007 (Governo Lula), depois de mais de cem anos de uso livre da auto-hemoterapia no Brasil, sempre com resultados positivos. O país é o único a proibir o uso da auto-hemoterapia. 

 

De forma vexatória e desmoralizante para os profissionais,  o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) humilha os enfermeiros ao plagiar o parecer do CFM para proibir os profissionais desta área a aplicar a auto-hemoterapia. Também a reboque do CFM, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) se posiciona igualmente contra técnica.  

 

As fraudes da Anvisa, do CFM, Cofen e CFF foram provadas à exaustão. Fraudes vexatórias e afrontosas à Ciência, crimes contra os cidadãos, tais proibições violaram até mesmo a Constituição Federal, lei maior do país. Em "Considerações acerca da revisão da Nota Técnicada Anvisa sobre Auto-hemoterapia",  

http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-e-anvisa.pdf   

Walter Medeiros  mostra como foi a fraude pela Anvisa. 

  

Em parecer ao Ministério Público Federal (MPF), o professor doutor José de Felippe Júnior prova que a auto-hemoterapia é uma técnica segura e eficaz. E prova ainda, a arbitrariedade do  CFM ao decidir sobre o tema.  Ver o pareceer do dr. Felippe e recurso apresentado ao MPF (não provido por descaso do órgão com a sociedade) em 

http://www.rnsites.com.br/autohemoterapia-mpf-es-compilado.pdf  

 

Compreendendo a arbitrariedade dos órgãos,  o povo continua se tratando com auto-hemoterapia. Mas milhões não tem acesso a profissional que faça as aplicações, e são severamente punidas. Há apelos desesperados por aplicadores. Ver em  

https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/  

 

É neste contexto que surge a Covid-19. De forma estúpida,  imoral e ilegal, a Anvisa, CFM, Cofen e CFF continuam se fazendo de cegos, desprezando a auto-hemoterapia, de emprego em pandemias com eficácia garantida.   

 

O dr. Luiz Moura ensina: "... O que é a auto-hemoterapia?  É uma técnica simples, em que, mediante a retirada de sangue da veia e a aplicação no músculo, ela estimula um aumento dos macrófagos, que são, vamos dizer a Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) do organismo. Eles é que fazem a limpeza de tudo, eliminam as bactérias, os vírus, as células cancerosas, que se chamam neoplásicas. Fazem uma limpeza total, elimina inclusive a fibrina, que é o sangue coagulado.  

 

E agora, ocorre esse aumento de produção de macrófago pela medula óssea porque o sangue no músculo funciona como um corpo estranho a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE), isso no músculo, enquanto houver sangue no músculo, o Sistema Retículo Endotelial, está sendo ativado, e só termina essa ativação máxima no fim de cinco dias.   

 

O número de macrófagos, a taxa normal é de 5% no sangue e com a auto-hemoterapia, nós elevamos esta taxa para 22% durante 5 dias, do 5º ao 7º dia, começa a declinar, porque o sangue está terminando no músculo, e quando termina ela volta aos 5%, daí a razão da técnica determinar que deva ser repetida, de 7 em 7 dias.   

 

Essa é a razão de como funciona a auto-hemoterapia, é um método de custo baixíssimo, basta uma seringa, pode ser feito em qualquer lugar porque não depende nem de geladeira, de nada, simplesmente porque o sangue é tirado no momento em que é aplicado no paciente, não há trabalho nenhum com esse sangue; não há nenhuma técnica aplicada nesse sangue, apenas uma pessoa que saiba pegar uma veia e saiba dar uma injeção no músculo, e uma seringa para fazer a retirada do sangue e aplicação no músculo, mais nada. E resulta num estímulo imunológico poderosíssimo.   

 

Então, realmente é uma coisa que poderia ser divulgada e usada em regiões sem recursos em que as pessoas não têm condições de pagar estímulos imunológicos caríssimos; como, por exemplo, os 'feitos' de medula óssea, que se fazem medicamentos, eu não posso dizer o nome do medicamento, porque não estou aqui fazendo propaganda, mas é um medicamento caríssimo, que se usa para produzir o mesmo efeito da auto-hemoterapia, que é o lisado de timus de vitela, que foi fabricado, isso eu posso falar, é um lisado de timus de vitela, tem um nome de fantasia, mas na realidade, a essência do produto é um lisado de timus de vitela submetido a um fermento digestivo, que se transforma num medicamento, mas é de custo muito alto, enquanto que a auto-hemoterapia produz o mesmo efeito a custo baixíssimo. Portanto podendo ser usado em todas as camadas da população sem nenhum problema, aí, essa é que é a grande vantagem! ..." 

http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-dvd.htm  

 

Pandemias 

 

Também ensina o dr. Luiz Moura: " ... (Nos) Surtos epidêmicos e AH?  Nisso funcionaria, aí seria de grande valor, de uma economia enorme.  

 

Porque, por que hoje as pessoas que estivessem já atacadas pelo mal, por um desses males, elas teriam a sua recuperação, a restauração da saúde mais acelerada, seria menos tempo de doença, porque quem cura realmente é o sistema imunológico, não é  antibiótico que cura, antibiótico é apenas bacteriostático, só faz evitar a reprodução dos micróbios, mas quem termina de curar a infecção é o nosso próprio sistema imunológico, então, isso seria no caso, uma ação.   

 

E a outra, as pessoas que ainda não se contaminaram, se estivessem sobre a ação da AH e com o seu sistema imunológico ativado, elas não pegariam, não teriam a doença, então evitaria que a doença se espalhasse num número maior de pessoas e com um detalhe importante, quando a doença vai se repicando de uma pessoa a outra, o micróbio ou o vírus se torna cada vez mais ativo e mais virulento, a repicagem é que aumenta, é como se fosse um exercício que ele faz, se tornando mais violento.  

 

Então seria o grande valor, mas aí teria que ser, vamos dizer, uma prática corrente, todo mundo fazer a AH, pra todos, olha, uma coisa que nós dizemos, eu e a Vera (esposa), não tomamos vacina antigripal, não que eu ....foi, é uma excelente medida que o ministério da saúde tomou, e o idoso, e seria até que melhor que nem fosse só idoso, todas as idades tomassem, fizessem a vacina contra a gripe e, é todo ano existe um programa e tal, para o idoso, agora, como o idoso é mais vulnerável às pneumonias, e tudo, das partes respiratórias, então foi como o ministério da saúde, que também não tem recurso para estender a toda a população a vacina, escolheu um grupo de risco que é o idoso.   

 

Nos não usamos. Porque? Por que com a AH estando com o sistema imunológico ativado as gripes são cada vez menos freqüentes e como também essas vacinas se limitam a dois ou três tipos de vírus, normalmente três, e há uma centena de vírus de gripe também não é uma garantia, e então eu prefiro a AH que pelo menos eu estou com resistência a todos os vírus, essa é a razão principal....". Ouvir em Auto-hemotherapy – Talking to Dr. Luiz Moura 

https://www.youtube.com/watch?v=6PevPuy8epQ    

 

Autohemoterapia - Dr. Luiz Moura (Español) 

https://www.youtube.com/watch?v=OpmSHI42k80  

 

O emprego em massa da técnica poderia dar outro rumo a expansão da doença no país, e mesmo se tratando de doença grave, reduzir seus danos e antecipar sua cura. Sem exclusão de nenhum outro tratamento que a medicina considerasse eficaz contra a Covid-19. 

 

Outras técnicas são eficazes contra a Covid-19:  a naltrexona em baixas doses (LDN), o peróxido de hidrogênio, a ozonioterapia, os imunomoduladores Medicamento Canova (homeopático) ew escaridil, da alopaia, entre tantas outras continuam solenemente desconhecidas e desprezadas pelos médicos e enfermeiros. Mas as informações de curas com estas técnicas estão cada vez mais nas páginas das redes sociais, onde o povo manda e relata suas descobertas feitas por empirismo. Veja, entre outros espaços,  

https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/  

 

A pergunta que não quer calar é: Até quando o governo federal (leia-se: Anvisa e o Ministério da Saúde do presidente Jair Bolsonaro) e os Conselhos de Saúde (CFM), Cofen e CFF vão continuar o crime de genocídio mantendo a doutrina de John Davison Rockefeller, com a consequente proibição do uso da auto-hemoterapia e ignorando as outras técnicas para enfrentar a pandemia Covid-19 e outras doenças?  

 

Veja alguns links de técnicas de cura desprezadas pela medicina. 

 

NOVO CORONA É VÍRUS   PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO: OXIGÊNIO (NASCENTE) LIBERADO NO SANGUE MATA  VÍRUS E OUTROS MICRORGANISMOS CAUSADORES DE DOENÇAS  Publicado em 6 de maio de 2020  

 

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/novo-corona-e-virus-peroxido-de-hidrogenio-oxigenio.asp 

 

Outras técnicas que curam doenças causadas por vírus  Auto-hemoterapia   Auto-hemoterapia cura não só o coronavírus: elimina ainda as bactérias, fungos, parasitas e as células cancerosas, que são chamadas de neoplásicas.  

 

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/auto-hemoterapia-cura-nao-so-o-coronavirus-elimina-ainda-as.asp 

 

Medicamento homeopático Canova cura vírus    

 

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/novo-corona-e-virus-medicamento-homeopatico-canova-cura.asp 

 

Ozonioterapia cura 262 doenças, entre as quais o herpes, a hepatite, causadas por vírus. Técnica também combate o o HIV.   

 

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/ozoniomata-virus-novo-corona-e-um-virus-ozonioterapia-cura.asp  

 

O dióxido de cloro (conhecido pelas siglas MMS ou CDS) mata vírus, bactérias, parasitas, curando várias doenças  

http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/governo-brasileiro-ignora-o-zimduck-remedio-que-pode-curar.asp  

 

Naltrexona   Natrexona LDN, considerado o melhor remédio do século XX, não deixa o usuário gripar. É eficaz ainda contra vários outros tipos de vírus   http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/tratamentospara-virus-covid-19-e-causada-por-virus.asp 

 

Ascaridil e Auto-hemoterapia associada ao ascaridil cura o HPV  

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/como-o-hpv-o-corona-e-virus-auto-hemoterapia-associada-ao.asp 

 

Auto-hemoterapia cura de doenças causadas por vírus, como provou pesquisa no hospital presbiteriano dos USA   

 

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/novo-corona-e-virus-auto-hemoterapia-cura-de-doencas.asp 

 

Governo brasileiro ignora o Zimduck, remédio que pode curar o coronavírus Pesquisa pode dar projeção mundial ao Brasil, mas está parada   Em desenvolvimento na UFRJ  

 

http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/governo-brasileiro-ignora-o-zimduck-remedio-que-pode-curar.asp  

 

Zimduck - Vacina Imunodeficiente   Em desenvolvimento na USP   

 

https://www.facebook.com/Zimduck/ Vitamina D3   

 

Veja o que o professor doutor Cícero Galli Coimbra fala sobre o coronavírus e a vitamina D3 Coronavírus: Convocação geral para a mais potente arma natural    

 

https://www.youtube.com/watch?v=CttpbtpXA6g  

 

Resposta do Dr. Cícero Coimbra sobre a Fake News!   

 

https://www.youtube.com/watch?v=SzQHdZQ2H7Y  

 

e    

 

VITAMINA D Mensagem urgente do Dr. CICERO COIMBRA sobre a epidemia (ENG/GER/JAP/ITA)  

 

https://www.youtube.com/watch?v=TT1zMF76y1c  

 

Vitamina D3 | Hangout com Dr. Lair Ribeiro   

 

https://www.youtube.com/watch?v=kXumfJzugkc  

 

Leia também:   Auto-hemoterapia e outras técnicas de cura da Nova Medicina (*)    

Brasil tem grandes nomes e contribuições nesta área   (Publicado em 4 de novembro de 2019)   

 

http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/auto-hemoterapia-e-outras-tecnicas-de-cura-da-nova-medicina-1.asp 

 

Vejam algumas transcrições sobre o tema. 

 

1) "...Este é um grande negócio – e é também um grande assassino. Dr. Barbara Starfield publicou um estudo em 2000 onde revelou que nos EUA havia 225.000 mortes iatrogênicas (causadas por ou resultantes do tratamento médico) a cada ano. No entanto, o relatório só contabilizou as mortes diretas; se forem levadas em conta todas as mortes indiretas, como o Dr. Gary Null fez em 2011 em seu relatório “Mortes pela Medicina”, o número se aproxima à 784 mil mortes por ano! Isso representa 7,8 milhões de pessoas mortas pela medicina convencional em 10 anos...." 

 

A citação acima está na publicação "Descubra o real significado do termo “máfia médica” e quem é seu verdadeiro criador", da dra. Carolina Salume, publicado em  

 

https://www.portaldomedico.com/noticia/leia/044848cb-c0c5-499e-b5a3-b76d1102ed20/descubra-o-real-significado-do-termo-mafia-medica-e-quem-e-seu-verdadeiro-criador  

 

A autora faz outro destaque importante: "...Mas, primeiramente é importante dizer que eu não sou contra a medicina alopática (medicina ocidental / convencional). Ela é muito adequada para traumas físicos por lesões, situações de emergência e pode ser úteis para várias doenças. Sou contra o monopólio tirânico que emprega táticas mafiosas de ameaças, mentiras e distorções para arruinar a vida daqueles que sinceramente desejam curar e prevenir as doenças da melhor forma e com mais segurança. ...". 

 

2) "LE Revista agosto 2006 

 

Morte pela Medicina 

 

Por Gary Null, PhD; Carolyn Dean MD, ND; Martin Feldman, MD; Debora Rasio, MD, e Dorothy Smith, PhD 

 

Algo está errado quando as agências reguladoras fingir que vitaminas e suplementos nutricionais são perigosos, mas ignorar as estatísticas publicadas mostram que a medicina sancionada pelo governo é o perigo real.Até recentemente, Life Extension poderia citar apenas estatísticas isoladas para fazer o seu caso sobre os perigos da medicina convencional. 

 

Ninguém nunca tinha analisado e compilado toda a literatura publicada lidar com lesões e mortes causadas por medicamentos pelo governo protegido.Um grupo de pesquisadores meticulosamente analisou os dados estatísticos e as suas conclusões são absolutamente chocante. 1-4 Estes pesquisadores autor do seguinte artigo intitulado "Death by Medicine", que apresenta evidências convincentes de que o sistema de saúde de hoje freqüentemente causa mais mal do que bem.Este relatório devidamente referenciada mostra o número de pessoas que tenham in-hospital, reações adversas a medicamentos prescritos em 2,2 milhões por ano. O número de antibióticos desnecessários prescritos para infecções virais é de 20 milhões por ano. O número de procedimentos médicos e cirúrgicos desnecessários realizados é de 7,5 milhões por ano. O número de pessoas expostas a hospitalização desnecessária é de 8,9 milhões por ano. 

 

A estatística mais impressionante, porém, é que o número total de mortes causadas pela medicina convencional é quase 800 mil por ano. Agora, é evidente que o sistema de saúde americano é a principal causa de morte e ferimentos em os EUA. Por outro lado, o número de mortes atribuíveis à doença cardíaca em 2001 foi 699,697, enquanto que o número de mortes atribuíveis ao cancro foi 553,251 5.Life Extension decidiu publicar este artigo na íntegra para chamar a atenção para o fracasso do sistema de saúde americano. Ao expor essas estatísticas horríveis nos mínimos detalhes, nós fornecer uma base para os profissionais médicos competentes e compassivo para reconhecer as insuficiências do sistema de hoje e pelo menos tentar instituir reformas significativas.A medicina natural está sob cerco, como lobistas de empresas farmacêuticas pedem aos legisladores que privar os americanos dos benefícios dos suplementos alimentares e hormônios bioidênticos.  

 

Grupos de frente Drogas empresa lançaram campanhas de mídia caluniosas para desacreditar o valor de estilos de vida saudáveis. O FDA continua a interferir com aqueles que oferecem produtos naturais que concorrem com medicamentos prescritos.Estes ataques contra a medicina natural obscurecer um problema letal, que até agora foi enterrado em milhares de páginas de texto científico. Em resposta a estes desafios sem fundamento para a medicina natural, o Instituto de Nutrição da América encomendou uma avaliação independente da qualidade da medicina "governo-aprovado". 

 

Os resultados surpreendentes desse estudo meticuloso indicam que a medicina convencional é a principal causa de morte nos Estados Unidos.O Instituto de Nutrição da América é uma organização sem fins lucrativos que tem patrocinado a investigação independente nos últimos 30 anos. Para apoiar sua afirmação ousada que a medicina convencional é da América do assassino número um, o Instituto determinou que todos os "count" nesta "acusação" de medicina EUA ser validado por estudos científicos publicados, peer-reviewed. 

 

O que você está prestes a ler é uma compilação impressionante de fatos que os documentos que aqueles que procuram abolir o acesso do consumidor às terapias naturais estão enganando o público. Cerca de 800.000 americanos morrem a cada ano nas mãos da medicina sancionada pelo governo, enquanto o FDA e outras agências governamentais pretendem proteger o público por assediar aqueles que oferecem alternativas seguras.Uma revisão definitiva de médicos revistas peer-reviewed e estatísticas de saúde do governo mostra que a medicina americana freqüentemente causa mais mal do que bem. 

 

Todos os anos, aproximadamente 2,2 milhões de pacientes em hospitais dos Estados Unidos experimentam reações adversas a medicamentos (RAM) para medicamentos prescritos 6 em 1995., Dr. Richard Besser dos Centros Federais de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) estimou o número de antibióticos desnecessários prescritos anualmente por infecções virais a ser de 20 milhões, em 2003, o Dr. Besser falou em termos de dezenas de milhões de antibióticos desnecessários prescritos anualmente 7,8Cerca de 7,5 milhões de procedimentos médicos e cirúrgicos desnecessários são realizados anualmente em os EUA, 9,10, enquanto aproximadamente 8,9 milhões de americanos. são hospitalizadas desnecessariamente. 1-4".  Texto acima foi transcrito de http://vitaminad.radiolousa.com/news/medicina-mortes.htm  

 

Observações: Seguem tabelas com informações sobre o sistema médico norte americano. Por exemplo: "... Como mostrado na Tabela 1, o número total de mortes estimado de iatrogénica, isto é, mortes provocadas inadvertidamente por um médico ou cirurgião ou por tratamento médico ou em procedimentos de diagnóstico os EUA anualmente é 783.936. É evidente que o sistema médico americano é ele próprio a causa principal de morte e ferimentos em os EUA. Em comparação, cerca de 699.697 americanos morreram de doença cardíaca em 2001, enquanto 553.251 morreram de câncer. 51997 taxa de médicos e de medicamentos utilizando Dr. Lucian Leape L. de erro de 3 million24 multiplicado pela taxa de letalidade de 14% que ele usou em 199.425 produz uma taxa de mortalidade anual de 420 mil por erros de drogas e erros médicos combinados. Usando este número em vez de 106.000 erros de drogas do Lazarou e do Instituto de Medicina da (OIM) estima 98.000 erros médicos anuais gostaria de acrescentar mais 216 mil mortes, para um total de 999.936 mortes por ano, conforme demonstrado na Tabela 2.". 

 

Após outra tabela, vem o texto: "...A enumeração dos acontecimentos médicos desnecessárias é muito importante na nossa análise. Qualquer procedimento médico invasivo, desnecessário deve ser considerada como parte do quadro maior iatrogênica. Infelizmente, a causa eo efeito vai monitorado. Os números sobre eventos desnecessários representar as pessoas que são empurradas para um sistema de saúde perigoso. Cada uma destas 16,4 milhões de vidas estão sendo afetadas de maneiras que podem ter conseqüências fatais. Basta entrar em um hospital poderia resultar no seguinte:Em 16,4 milhões de pessoas, uma chance de 2,1% (afetando 186.000) de uma reação adversa grave 6Em 16,4 milhões de pessoas, a chance de 5-6% (afetando 489.500) de adquirir uma infecção nosocomial 16Em 16,4 milhões de pessoas, a chance 4-36% (afetando 1.780.000) de ter uma lesão iatrogênica (erro médico ou reações adversas a medicamentos) 25 

 

Estas estatísticas representam um intervalo de tempo de um ano. Trabalhando com os números mais conservadores de nossas estatísticas, nós projetamos as seguintes taxas de mortalidade de 10 anos. ... 

 

"E, mais: ..."Nosso total de 10 anos estimado de 7,8 milhões de mortes iatrogênicas é mais do que todas as vítimas de todas as guerras travadas pelos os EUA ao longo de toda sua história.Nossos números projetados para eventos médicas desnecessárias que ocorrem ao longo de um período de 10 anos também são dramáticos.Estes números mostram que cerca de 164 milhões de pessoas, mais da metade do total os EUA população em receber tratamento médico desnecessário ao longo de uma década.  ... 

 

"Um  último texto, mas com o titulo de Intrrodução  " ...Nunca antes estatísticas completas sobre as múltiplas causas de iatrogenia foram combinados em um artigo. A ciência médica acumula dezenas de milhares de documentos por ano, cada uma representando um pequeno fragmento de toda a imagem. Olhar para apenas uma peça e tentar entender os benefícios e riscos é como estar uma polegada de distância de um elefante e tentando descrever tudo sobre ele. Você tem que voltar para ver a imagem grande, como fizemos aqui. Cada especialidade, cada divisão de medicina mantém seus próprios registros e dados sobre morbidade e mortalidade. Completamos agora o minucioso trabalho de revisão de milhares de estudos e colocando as peças do quebra-cabeça. 

 

 

É a medicina americana que trabalha? EUA os gastos com saúde chegou a US $ 1,6 trilhão em 2003, representando 14% do produto nacional bruto do país. 26 Considerando esse enorme gasto, devemos ter o melhor remédio do mundo. Devemos estar a impedir e reverter a doença, e fazer mal mínima. Revisão cuidadosa e objetiva, no entanto, mostra que estamos fazendo o oposto. Devido à extraordinariamente estreito contexto, tecnologicamente orientada em que a medicina contemporânea analisa a condição humana, estamos perdendo completamente a imagem maior.Medicina não está levando em consideração os seguintes aspectos extremamente importantes de um organismo humano saudável:estresse e como isso afeta negativamente o sistema imunológico e os processos da vidaexercício insuficienteingestão excessiva de caloriasalimentos altamente processados e desnaturado cultivadas em solo desnaturado e quimicamente danificadosexposição a dezenas de milhares de toxinas ambientais. 

 

Em vez de minimizar esses fatores causadores de doenças, que causam mais doença através da tecnologia médica, testes de diagnóstico, o uso excessivo de procedimentos médicos e cirúrgicos, e uso excessivo de drogas farmacêuticas. A enorme desserviço dessa estratégia terapêutica é o resultado de pouco esforço ou dinheiro que está sendo gasto em prevenção de doenças.Continua na página 2 de 8" 

 

(*) O autor é jornalista 

Ubervalter Coimbra
69 anos
- Vitória - ES

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 1 comentários  -  1 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

Terça-feira, 2 de junho de 2020 - 01:25:53
 

Nenhum comentário ainda.

 

Webmaster



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2020)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org