Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.213.368 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Faço uso da auto-hemoterapia desde outubro de 2007, quando

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
3238
Quarta-feira, 6 de janeiro de 2010 - 20:47:25
189.72.28.232

Faço uso da auto-hemoterapia desde outubro de 2007, quando ganhei uma cópia do DVD do Dr. Luiz Moura. 

Na época tinha uma espécie de artrose na cabeça do femur da perna esquerda, qua doia e me deixava com dificuldade de caminhar. Também tinha uma burcite no ombro direito que, para colocar o cinto de segurança do carro, tinha que ajudar com a mão esquerda. Dois meses depois, fiz tudo atomático, sem me dar por conta, quando verifiquei que não sentia nada fiquei surpreso, poir não esperava efeito tão rápido. 

Quanto à cabeça do femur da perna esquerda, foi muito interessante. Como já disse acima, comecei em outubro de 2007, dois meses depois não sentia nada. Porém, em dezembro, com agitações da véspera de natal e final de ano, suspendi. Pela metade de janeiro de 2008, comecei a sentir novamente a cabeça do femur voltando a me doer. Recomcei à pratica da auto-hemoterapia novamente, e logo não senti mais nada. Julgo que suspendi muito cedo, por isso voltou.  

Daí por diante, tenho praticado, não religiosamente toda a semana, mas também não me descuido em falhar por mais de três semanas. 

 

Sou divulgador da prática através da doação de cópias do DVD, e obtidos depoimentos expontâneos de pessoas que praticam a auto-hemoterapia. 

 

Alguns relatos: 

 

1. Desentupimento de veias  

Uma senhora me procurou perguntando com quem eu praticava a aut-hemoterapia.  

Como não indico sem ter certeza de que a pessoa está convicta, e se seus familiares estão de acordo, pois sei que existe uma fiscalização e punição aos profissionais de saúde, inclusive o Dr. Luiz Moura foi cassado pelo Conselho de Medicina, na época, não sei se reverteram a decisão.  

Aí ela me contou o seguinte: 

Tinha uma forte dor numa perna, quando caminhava tinha de parar pois não resistia tanta dor. Constatando varios angiologistas. Um clinico geral receitou-lhe a auto-hemoterapia, e ela após quatro meses não sentia mais nada. Porém como ela tem as veias muito profundas as pessoas que lhe aplicavam começaram a se segar. 

 

2. Alergia. 

Na entrada da primavera de 2009, uma amiga me disse que tinha viajado com duas cunhadas (gêmeas), que tinham a alergia ao pólen das flores. 

Porém uma estava praticando a auto-emoterapia e a outra não. A que praticava não sentiu nada, e a outra voltou muito atacada, achando que teria de baixar o hospital para tratamento. Após exames médicos foi constatado que apenas os pulmões não estavam afetados. 

 

3. Pneumonia com derrame na pleura. 

Meu filho de 27 anos, na época, abril de 2009, foi consultar com febre alta e sintoma de virose, e aconselhado a aguardar em casa que em por volta de 5 a 7 dias melhoraria, prescreveram-lhe apenas antitérmicos. 

Como a febre não baixava, foi em outro médico dois dias depois, que lhe falou a mesma coisa. 

Prostrado, com febre que não baixava de 39,5ºC e toce, voltou ao pronto socorro que tinha ido da primeira vez, constatando pneumonia e derrame no pulmão esquerdo. Alérgico a pinicilina e seus derivados, apesar de sab er disso uma médico prescreveu um derivado da pinicilina, o que lhe inchou todo o corpo com riscos sérios.  

Baixou, e agora sendo tratado por um pneumoligista de renome, com medicação intravenosa, por uma semana.  

Diante deste quadro, procuramos protegê-lo por todos os meios. Chamamos uma pessoa, que foi ao hospital, chaveamos a porta do quarto, e ela, experiente, fez 20 ml (10 ml em cada nádega). Deu alta e fez mais duaz vezes (10 ml) nas semanas seguintes. 

Na revisão com o médico pneumologista, este ainda brincou dizendo, "mas tu tava feio veio". Examinando o novo Raio X, ele comentou como meu filho tinha melhorado. Acrescentando inclusive que tinha vontade de levar para apresentar o resultado para seus alunos na Universidade. 

O que não dissemos e estamos convctos de que a auto-hemoterapia colaborou muito na sua recuperação. 

Um detalhe curioso, é de que nesta época ainda não se falava em Gripe A (suína), aqui no RS, só mais ou menos um mes depois é que começou. 

Porém todos os sintomas foram dessa gripe (febre muito alta, não baixando com antitérmico (nem novalgina), evoluindo rápidamente para uma pneumonia e derrame pleural. 

 

Finalmente, gostaria de deixar aqui minha opinião de que os médicos deveriam ser mais acessíveis a outros tratamento alternativos, até mesmo como reforço a medicina alopática. Vale pensar aqui como prevenção as infecções hospitalates, que ainda hoje, ceifam muitas vidas de internos. Lembro também, principalmente nos estados do sul, clima frio, con a chegada do próximo inverno estão prevendo um aumento do contágio da gripe A (suína), neste caso, com o estímulo do aumento na imunidade, a auto-hemoterapia poderá ser um grande aliado. 

Delfino
60 anos
- SM/RS

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 1 comentários  -  1 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Quarta-feira, 6 de janeiro de 2010 - 22:28:22 
189.63.223.112

Prezado Delfino 

Muito bom sua postagem 

Permita-me aproveitar e postar um vídeo em que a Mestre Telma Geovanini fala sobre Epidemias. 

Abraços 

 

Auto-hemoterapia: Mestre TELMA GEOVANINI fala sobre EPIDEMIAS 

http://www.youtube.com/watch?v=Ny1LFtc0NR8 

 

Eu já esperava por isso quando conheci a  ... (total de 1194 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)..    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org