Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 4.015.967 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 CONVITE ao Dr. Munir Massud Prezado Dr. Munir Massud

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
3466
Sábado, 13 de fevereiro de 2010 - 00:14:15
189.123.85.213

CONVITE ao Dr. Munir Massud 

 

Prezado Dr. Munir Massud 

 

Esta é a carta proposta mencionada ao senhor anteriormente. 

 

O convite feito ao senhor, de certa forma estende-se também aos Srs. Conselheiros do Conselho Federal de Medicina (CFM). 

 

Como se trata de um convite ao diálogo, faz-se necessário, que algumas premissas sejam pré-estabelecidas: 

 

1. Sobre o assunto Auto-hemoterapia(AHT) em si, as nossas divergências estão encerradas. O senhor será respeitado pela condição de contra e nós favoráveis. Em palavras simples, ambos não tentarão convencer (esclarecer) um ao outro do contrário. 

 

2. Como não foi o senhor que proibiu a terapia, nem nós a liberamos, o assunto sobre a legalidade, deixaremos a cargo do órgão competente, neste caso o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF). 

 

3. Sobre a cientificidade da terapia, se a AHT não é científica para o bem, também não o é para o mal, ou seja, evitaremos argumentações quanto aos benefícios ou riscos desconhecidos. 

 

4. O diálogo será mantido SOMENTE entre duas pessoas, o Dr. Munir Massud e um dos AHTs. 

 

5. A condição acima evitará questionamentos, exposição de estudos existentes ou não, testemunhos, dados e argumentos que não interessam ao Sr., e contestações aos direitos contra e a favor, entre as pessoas envolvidas. 

 

6. O diálogo deverá ser mantido em cima de clima da mais alta cordialidade, e em campo favorável de segurança. 

 

7. Outras pessoas poderão ler e fazer sugestões somente de forma indireta. 

 

8. O único assunto a ser discutido será a tentativa de se encontrar soluções que possam ser encaminhadas ao CFM. 

 

Bem professor, isto é o que está sendo proposto ao Senhor. E agora me expressarei no singular.  

 

Como fui o único até o presente a dizer: Professor Munir seja benvindo ao diálogo, terei o privilégio de intermediar a conversa com o Senhor. Claro que o senhor tem todo o direito de escolher uma outra pessoa, MAS TEM QUE SER APENAS UMA PESSOA A DIALOGAR COM O SENHOR.  

 

Tenha em mente que o diálogo não será a nível científico, pois estou inapto para tal. Na verdade, o senhor mais ensinará. O senhor poderá encontrar um caminho, pois como conhece o caminho da ida, poderá encontrar o da volta. Em outras palavras, fez um parecer em que contesta a cientificidade da terapia, poderá encontrar o meio para cientificá-la. 

 

O que estou pedindo ao Senhor é o empréstimo de seus conhecimentos, capacidade intelectual e sua ajuda para este movimento, em que estão envolvidas milhões de pessoas. O senhor é a pessoa mais indicada para ajudar nesta situação, por ser conhecedor das regras da ciência. Pois ainda que não se possa efetuar uma pesquisa sob as rígidas regras da ciência, com toda certeza, o senhor poderia indicar um nível aceitável de pesquisa ou um caminho semelhante. 

 

Concordo com o senhor que da maneira como a terapia vem sendo praticada de norte a sul do Brasil está em desacordo com as normas de saúde. O CFM foi mesmo prudente ao tentar evitar que a AHT fosse praticada sem condições profissionais. 

 

A terapia é um procedimento que deve ser prescrita e acompanhada por profissionais da área de medicina, como o tem feito o Dr. Luiz Moura em todos estes anos, e aplicada por profissionais capacitados. 

 

Assim como o Senhor sempre terá seu direito de ser contrário a prática da AHT, outros médicos, por detrás desta carta, querem ter o direito de prescrevê-la. 

 

Exemplificando: supondo que existam 3 formas de se tratar uma doença, o senhor continuará fazendo uso dos medicamentos 1 e 2 (que contam com a sua aprovação profissional), e outros médicos também com os medicamentos 1 e 2, e o 3 que seria a AHT. Em resumo, enquanto quem não for favorável à terapia não a prescreverá. 

 

O problema é inegável e existente. Milhões de pessoas fazem uso da terapia, o número ainda tende a crescer muito. 

 

Será que as situações abaixo vão parar este movimento? 

 

- Cassar o Doutor Luiz Moura? 

 

- Uma simples ordem como, de amanhã em diante, todos deverão cessar as aplicações. 

 

Se a resposta óbvia é não, algo deve ser feito em caráter de urgência. Por isto este pedido (convite) ao Senhor. 

 

É difícil entender hoje em dia certas regras. Em 2006 o Dr. Moura foi absolvido por unanimidade pelo Cremerj, e depois em 2007 outro processo foi aberto contra ele. Tenho amigos médicos que também não acreditam na AHT, mas muitos outros que acreditam e querem estudá-la mais. Então considero que uma das melhores regras seja a regra do bom senso, do diálogo franco, transparente e aberto, mas NUNCA o da imposição. 

 

Por exemplo, recentemente o presidente de um país vizinho “editou“ uma regra clara: A TV que não exibir o meu discurso será fechada. E foram fechadas 6 delas. Outra regra, esta que NÃO MUDA NUNCA em qualquer época, é estudante que protestar apanha. E a polícia que não reprimir será punida. Estas regras parecem muito claras a este presidente. 

 

Voltemos ao Brasil na época do golpe militar de 64. Estudantes apanhando (sendo massacrados) por tropas da cavalaria, e se as passeatas não fossem feitas em frente às Igrejas, morriam todos, tamanha a violência. E padres eram obrigados a excomungar tropas inteiras de soldados “alucinados” pelas regras da ditadura, pois ameaçavam adentrar as igrejas para “caçar” estudantes. 

 

Mas será que mudou alguma coisa em todos estes anos? Na época atual, assistimos indignados estudantes em Brasília sendo “retirados” pela polícia, pois protestavam em nome de todos os brasileiros, contra certos “seres” da política que receberam benefícios (pacotes de dinheiro) e os guardaram em partes íntimas, como cuecas, meias, paletós...  

 

O senhor sabe qual a gravidade disto? São as nossas crianças que assistem a estes lamentáveis episódios. 

 

Dr. Munir as crianças de hoje ocuparão os nossos lugares amanhã, e levarão as lições e EXEMPLOS que dermos a elas. 

 

PRESTE ATENÇÃO POR GENTILEZA NESTA HISTÓRIA REAL: 

 

Eu estava assistindo TV com meu netinho de 4 anos. Ele me perguntou: 

- Vovô porque o polícia está arrastando aquele menino? 

Eu respondi: 

- Porque ele estava reclamando daqueles que enfiaram dinheiro na meia, paletó, cueca... 

Ele disse: 

- E não pode reclamar? 

Respondi novamente: 

- Não, meu bem, não pode. 

E ENTÃO ELE PERGUNTOU: 

- MAS O POLÍCIA NÃO TEM QUE PRENDER AQUELE QUE PEGOU O DINHEIRO? 

 

Ainda existe uma constatação muito mais grave. Estes “seres” hoje em dia, aparecem em público, e ainda com o direito de julgarem a si próprios. Então veremos procuradores perguntando aos próprios acusados, o que devem fazer sobre seus destinos. E NESTE CASO pasme para o que vai ouvir: - Estas “figuras” não se sentem culpadas, já que se dirigiram em prece de agradecimento ao Criador, pelos benefícios (PACOTES DE DINHEIRO SUJO) adquiridos. 

 

Professor, não vou me estender mais nesta carta. Da minha parte o senhor não será pressionado com perguntas fora do tema. Sei que faço perguntas difíceis, justamente por serem difíceis de responder, como por exemplo a do Sr. José Luiz Dutra. O assunto será mesmo, um pedido de ajuda, para que uma solução ou caminho para que tal possa ser iniciado. 

 

Bom, até hoje “enrolei” para responder ao meu neto, porque ele já me perguntou novamente, se os estudantes não estavam machucados e se os “seres” foram presos. 

 

Amanhã, quem sabe o seu netinho, não sei o senhor já os tem, poderá lhe perguntar: 

- vovô, milhões de pessoas pediram sua ajuda, e o senhor não quis ajudar? 

 

Dr. Munir, netos também fazem perguntas de difíceis respostas como:  

- vovô, o senhor estudou medicina para curar pessoas, e no entanto tinha um velhinho que só fez isto por 60 anos, e tiraram-lhe o diploma? 

 

E o senhor é o convidado de honra para também assinar esta carta, pois pediremos a todas as pessoas que receberão uma cópia dela, como os Ministros do SFT, Representantes da ONU no Brasil, Senadores da República, Membros Conselheiros do CFM, Presidentes das OABs, Ministro da Justiça, e a todos que chegarem a ler, para que o Exmo. Presidente Lula sancione lei em caráter de urgência: 

 

QUE OS ESTUDANTES QUE PROTESTAREM CONTRA ESTA IMORALIDADE, DESTES “SERES” QUE RECEBERAM BENEFÍCIOS (pacotes de dinheiro), SEJAM TRATADOS COM O MÁXIMO RESPEITO, RECEBAM FLORES DOS POLICIAIS, POIS ELES REPRESENTAM A INDIGNAÇÃO DE UMA NAÇÃO INTEIRA. 

 

Dr. Munir, eu não queria tornar feio o final desta carta, mas não encontro nenhum outro termo para melhor expressar-me, pois aos 52 anos de vida, nunca presenciei uma atitude tão imoral, indigna e indecente, que foi a tentativa de suborno ao próprio Criador, para lavagem de dinheiro santa. Esta atitude sem dúvida, mostra claramente que estas criaturas perderam totalmente a noção de dignidade. 

 

Que Deus abençoe ao Senhor e sua família e aos seus netos, aliás aos netos de toda a Nação, incluindo os netinhos de Brasília. 

 

E que os ”vovozinhos” deste triste e lamentável episódio, recebam as bençãos “justas” do mesmo Deus que tentaram subornar. 

 

Esta carta está sendo assinada pelo: 

Movimento Brasileiro em Defesa do Doutor Luiz Moura e da Moralidade no Brasil. 

 

PS: Dr. Munir Massud, o senhor será sempre benvindo ao diálogo. Ninguém aqui tem "raiva do senhor" conforme o sr. disse, pelo contrário, este movimento precisa muito de sua ajuda. Já passou da hora de iniciarmos um diálogo. Pense nisso com carinho. Abraços. 

 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 4 comentários  -  4 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Sábado, 13 de fevereiro de 2010 - 13:37:26 
201.67.40.226

Ninguem sabe quem e mais birrento do que o inforum.Que mancada!! 

Potei lá e deu todos os motivos o 5, o 6 e por ultimo limit exceded , e agora está la´ postado.. 

Diva    

 Sábado, 13 de fevereiro de 2010 - 12:28:33 
201.67.40.226

Postei la´foi aprovado e em seguida sumiu a mens/ todos os motivos . 

deixa eu ir p coz/ . 

diva g s    

 Sábado, 13 de fevereiro de 2010 - 03:19:59 
189.123.85.213

Por gentileza alguém pode postar no inforum. (AQUELE SITE ESTA MESMO DIFICIL DE POSTAR NA HORA QUE SE PRECISA). 

O professor Massud esta cordial. É a chance para uma conversa) 

 

A POSTAGEM DEVERA SER NO RE: ou seja respondendo a mensagem dele, senão não chegara no email  ... (total de 1252 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

 Sábado, 13 de fevereiro de 2010 - 00:15:43 
189.123.85.213

Não consegui postar a carta CONVITE ao Prof. Munir Massud no inforum. 

 

Se alguém puder tentar, agradeço 

 

Abraços 

 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2021)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org