Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.309.239 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Caros auto-hemoterápicos: sobre a reportagem citada pelo

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
4292
Segunda-feira, 19 de julho de 2010 - 10:50:48
189.87.202.191

Caros auto-hemoterápicos: 

 

sobre a reportagem citada pelo Olivares, “Sí es posible que Fernanda vuelva a reír”, no endereço http://www.larepublica.pe/sociedad/18/07/2010/si-es-posible-que-fernanda-vuelva-reir-0 lamento não ter conseguido postar o comentário abaixo. Alguém topa tentar em meu ou no seu próprio nome? Ou em parceria? 

 

A propósito de sua reportagem "Sí es posible que Fernanda vuelva a reír”, sem prejuízo do que diz, acertadamente, o médico Eduardo Fortoul, é possivel que Fernanda se trate em seu próprio local de moradia, com o uso da auto-hemoterapia na sua forma clássica. O custo é de uma seringa de aplicar injeção e do material de higiene. 

 

Informações sobre a forma clássica da auto-hemoterapia são dadas pelo médico brasileiro Luiz Moura. Em vídeo, nos seguintes endereços: http://www.youtube.com/AHTespanol e http://www.youtube.com/smilersun , com subtítulos em espanhol. Transcrição do vídeo do dr. Luiz Moura no endereço http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_60fq37qknv  

 

Em http://autohemoterapia.com/ e http://autohemoterapia.4t.com/ , páginas médica do Mexico e da Argentina, são indicadas as doses em pediatria, até para lactantes. 

 

Ubervalter Coimbra, do Brasil. 

 

Uma mensagem mais completa pode ser tentada para Sandy Osorio, mãe, e Cristian Lizarbe Mormontoy, pai da menina objeto da reportagem, ainda que online e enviada aos editores do jornal peruano La República, no endereço http://www.larepublica.pe/lista_correos.html.  

 

A razão: “… Los padres de Fernandita no tienen los medios para lograr viajar a México y así su niña pueda ser tratada. Para ello necesitarían, solo para el tratamiento, 24 mil dólares, además de los gastos de estadía. …” 

 

Penso nos termos abaixo. 

 

A auto-hemoterapia é acessível para a menina peruana Fernanda em sua própria cidade  

 

O que é auto-hemoterapia? A resposta é dada em artigo pelo dr. Luiz Moura, médico brasileiro com 60 anos de profissão:  

 

“É um recurso terapêutico de baixo custo, simples, que se resume em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo.  

 

SUMÁRIO  

 

A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia comumente da prega do cotovelo e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5ml a 20ml,  

dependendo da gravidade da doença a ser tratada. O sangue, tecido orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E. A medula óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então a denominação de macrófagos.  

 

Antes da aplicação do sangue, em média a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a aplicação a taxa sobe e ao fim de 8h chega a 22%. Durante 5 dias permanece entre 20 e 22% para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir da aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há sangue no músculo.  

 

As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos, que quadruplicados conseguem assim vencer estes estados patológicos ou pelo menos, abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes a autoagressão decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue aplicado no músculo, melhorando assim o paciente.  

 

1. HISTÓRICO  

 

Em 1911, F. Ravaut registra: modo de tratamento auto ...” 

 

E: 

 

“... Em setembro de 1976 internou-se na Clínica Médica do Hospital Cardoso Fontes uma paciente cujo diagnóstico foi esclarecido pela consultora dermatológica da Clínica, Dra. Ryssia Alvares Florião. Feitas as biópsias nas mamas, abdômen e coxa de A.S.O. (F) – 52 anos, encaminhadas estas à patologista do Hospital, Dra. Glória de Morais Patello, o diagnóstico foi: esclerodermia, fase final.  

 

A Dra. Ryssia que tinha sido residente em Clínica Dermatológica nos Estados Unidos da América, em Nova York para onde convergiam os pacientes com E.S.P., disse que pouco podia fazer pela paciente, pois aquela Clínica era nada mais que um depósito de esclerodérmicos"” . Iniciei o tratamento da paciente com E.S.P., no dia 10/09/1976. Para provocar o desvio imunológico e assim aliviar a paciente apliquei 5ml de sangue em cada deltóide e 5ml em cada glúteo, de 5 em 5 dias.  

 

A paciente já não caminhava há 8 meses e não deglutia sólidos, só líquidos, devido a estenose do esôfago. Dia 10/10/1976 a paciente saía andando do Hospital, com alta melhorada assinada pela Dra. Ryssia.  

 

A paciente continuou o tratamento com a dose reduzida para 10ml de sangue por semana. Em maio de 1977 a paciente A.S.O. foi reinternada para avaliação, sendo constatada grande melhora em relação ao dia 10/10/1976 quando teve alta no ano anterior.  

 

Surgiu na ocasião um concurso patrocinado pelo Laboratório Roche – Hospital Central da Aeronáutica. Redigimos então um trabalho minuciosamente documentado tanto com exames complementares como também com fotografias em slides da paciente em setembro de 1976 e maio de 1977. O concurso cujo tema era originalidade não publicou o trabalho. ...” . O artigo completo, publicado em 13/02/2006, está no endereço http://www.medicinacomplementar.com.br/tema130206.asp E, revisado, está em http://www.rnsites.com.br/aht_luiz_moura.pdf  

 

Vídeo com a entrevista com o Dr. Luiz Moura sobre auto-hemoterapia, duração de 2h38 no seguinte endereço:  

 

http://video.google.com/videoplay?docid=-4554320633785209094&q=auto+hemoterapia&ei=Og5qSJ_DDpGErgK1uuSMDA#  

 

Transcrição do vídeo do dr. Luiz Moura no endereço http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_60fq37qknv  

 

A tradução para o inglês da transcrição do vídeo do dr. Luiz Moura está em  

http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_61gg74q3gs  

 

Em http://www.youtube.com/AHTespanol e http://www.youtube.com/smilersun , o vídeo do dr. Luiz Moura tem subtítulos em espanhol  

 

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 1: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/483554  

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 2: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/482800  

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 3: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/482803  

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 4: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/483531  

 

A Revista REFERÊNCIA publicou em sua edição - II Série nº 9 Março de 2009 artigo com o título “Tratamento da Esclerodermia doença auto imune através da auto-hemoterapia: um estudo de caso clínico”, da cientista brasileira Telma Geovanini, que é enfermeira, e do médico, também brasileiro, Manoel Mozart Corrêa Norberto sobre auto-hemoterapia na forma descrita pelo doutor Luiz Moura.  

 

A Revista REFERÊNCIA é da Escola Superior de Enfermagem da Universidade de Coimbra, Portugal. É uma publicação científica  

indexada em CUIDEN PLUS, LATINDEX, entre outros.  

Ver no endereço Em http://www.esenfc.pt/rr/admin/conteudos/downloadArtigo.php?id_ficheiro=261&codigo=  

 

Alguns endereços para pesquisar sobre auto-hemoterapia  

 

http://www.orientacoesmedicas.com.br/resultado_da_pesquisa_virtual_sobre_auto-hemoterapia.asp 

 

http://autohemoterapia.com/ e http://autohemoterapia.4t.com/ , páginas médica do Mexico e da Argentina, respectivamente. De lá: “ ... Doses em pediatria As doses de sangue que se injeta, quando se recorre a auto-hemoterapia, variam de 2 a 10 cc., em lactante, de 1 a 2 cc. Não há nenhuma vantagem em injetar doses maiores, o efeito útil se obtém com as pequenas doses já indicadas. ...” 

 

Textos em inglês, no endereço http://instituteofscience.com/ e http://autohemotherapy.blogspot.com/ 

 

O porque de os laboratórios farmacêuticos transnacionais serem contra a auto-hemoterapia.  

 

"Data: 18/03/2008 12:54  

 

Auto-hemoterapia produz células tronco  

 

Veja em: “ Estudo localiza célula-tronco adulta em vaso sanguíneo” em http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/03/18/estudo_localiza_celula_tronco_adulta_em_vaso_sanguineo_1233748.html  

 

Estudo localiza célula-tronco adulta em vaso sanguíneo  

18/03 - 08:47 - Agência Estado  

 

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto concluíram, após cinco anos, um estudo que demonstra que as células-tronco adultas mesenquimais estão nas paredes de todos os vasos sanguíneos. Antes disso, essas células eram mais encontradas na medula óssea.  

 

A pesquisa, feita por profissionais do Hemocentro e do Hospital das Clínicas (HC), foi publicada na edição de março da revista científica internacional Experimental Hematology. "Esse é um conceito novo e muda a nossa visão sobre essas células", diz o pesquisador Dimas Tadeu Covas, que preside o Hemocentro e é professor da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão.  

 

Células-tronco, adultas e embrionárias, são células indiferenciadas e, por essa característica, têm o potencial de serem usadas no tratamento de diferentes doenças degenerativas, como lesões cardíacas. As mesenquimais dão origem a componentes do sangue.  

"Estando nos vasos sanguíneos, elas controlam inúmeros mecanismos de reparo e regeneração", afirma o cientista. ...” 

 

No dia 10 de janeiro de 2010, foi publicado no http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=3259&u=3176 as técnicas derivadas da auto-hemoterapia (clássica, tão bem explicada pelo dr. Luiz Moura).  

 

A novidade é o Pool de Plaquetas (quase a mesma coisa que Plasma Rico em Plaquetas (PRP). Ver em http://www.sbhh.com.br/biblioteca/leis/129_01rdc.htm e, em http://www.defatoonline.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=3391  

 

Há, também, o "Plasma Rico em Plaquetas (PRP)” como se vê na Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, vol.33 no.1 Rio de Janeiro Jan./Feb. 2006. No endereço http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-69912006000100007&script=sci_arttext  

Ver ainda reportagem na TV Globo, no Esporte Espetacular:  

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1188225-7824-TECNICA+REVOLUCIONARIA+MELHORA+INDICE+DE+RECUPERACAO+DE+LESOES,00.html  

 

E ainda, derivada da auto-hemoterapia clássica, a Ozonioterapia. Ver no endereço da Associação Brasileira de Ozonioterapia (ABOZ) http://www.aboz.org.br/Web/secoes_site.asp?id=7  

 

Outra forma de aplicação da auto-hemoterapia é feita pela Homeopatia. No endereço http://www.escoladehomeopatia.org.br/ lê-se em uma de suas páginas:  

"Licínio Cardoso (RJ)  

Em 1923 cria a isopatia sanguínea ou auto-hemoterapia por via ...”  

 

Há, ainda, a auto-hemoterapia a partir do método criado pelo dr. Jorge González. O site da Associação Mexicana para o Diagnóstico e Tratamento das Doenças é http://autohemoterapia.com/ e http://autohemoterapia.4t.com/ 

No site são ensinadas as doses de auto-hemoterapia em crianças (até em lactantes).  

 

E mais: Tampão Sanguíneo Peridural  

“Nota de esclarecimento  

Em face de falha na redação do artigo “Auto-hemoterapia não tem eficácia comprovada” no Jornal Medicina (XXII, 167, DEZ/2007, p.11), esclarecemos que o procedimento terapêutico denominado “tampão sangüíneo peridural” é cientificamente amparado por relevante literatura médica e remetemos o leitor ao texto que trata dessa matéria no Parecer CFM 12/07.”  

 

O texto citado acima está na página do editorial do jornal do Conselho Federal de Medicina (CFM) http://www.portalmedico.org.br/JORNAL/Jornais2008/Jan/pag5.html  

 

Veja ainda: Tampão sanguíneo e cefaléia pós-punção de dura-máter 

Prof. Dr. Marcelo Luis Abramides Torres • Dr. Alberto Vasconcelos, no endereço http://www.fm.usp.br/anestesiologia/revista/CEDAR%2019.pdf 

 

Saudações auto-hemoterápicas, 

 

Ubervalter Coimbra
60 anos
- Vitória - ES

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 3 comentários  -  3 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Terça-feira, 20 de julho de 2010 - 10:19:16 
189.87.192.179

Cara Diva: 

 

a reportagem em La República, um grande jornal peruano, sobre Fernanda e a esclerodermia que a afeta profundamente, ver em  

 

http://www.larepublica.pe/sociedad/18/07/2010/si-es-posible-que-fernanda-vuelva-reir-0  

 

tem sete comentários, seis dos quais dos nossos, indicando a  ... (total de 768 caracteres)

Ubervalter Coimbra
60 anos
- Vitória - ES

 Segunda-feira, 19 de julho de 2010 - 23:00:14 
201.67.40.226

Oi Ubervalter , foi publicado pelo menos o link do dvd d o dr Luiz Moura no jornal . 

Diva    

 Segunda-feira, 19 de julho de 2010 - 17:34:19 
201.67.40.226

Tentei enviar pelo menos o link do dvd do dr Luiz Moura em seu nome mas não foi publicado , Ubervalter neste end: http://www.larepublica.pe/sociedad/18/07/2010/si-es-posible-que-fernanda-vuelva-reir 

Sera que os mexicanos ñ conhecem a AHT do BRASIL , ou querem continuar enchendo suas  ... (total de 417 caracteres)

Diva    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org