Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.378.378 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

  Alerta

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Participação
3333
Sábado, 23 de janeiro de 2010 - 15:43:30
201.79.237.45

 

Alerta geral: CFM pode cassar registro  

do dr. Luiz Moura no dia 4 de fevereiro 

 

O Conselho Federal de Medicina (CFM) pode cassar o registro profissional do dr. Luiz Moura no dia 4 de fevereiro próximo. Ele está sendo julgado em “processo Ético-Profissional”. O julgamento começa às 14 horas, na sede do conselho, em Brasília. 

 

O médico, que exerce a medicina há 60 anos e tem atuação irrepreensível, pode perder o direito de atuar na sua profissão por ter dado entrevista explicando como funciona a auto-hemoterapia. A técnica aumenta a imunidade em quatro vezes, e tem custo extremamente baixo.  

 

A convocação para o julgamento do dr. Luiz Moura foi enviada pelos Correios, via internet, para o advogado do médico, no Rio de Janeiro. 

 

O CFM informou o seguinte: “Ao(s) senhor(es)  

Dr. Ronaldo da Silva Brandão  

Procurador do dr. Luiz Moura  

 

Notificamos Vossa Senhoria para julgamento do processo Ético-Profissional CFM 2507-059/2008 (processo CRM-RJ 1737/2007), no dia 04/02/2010, à partir das 14:00 horas (Pleno), na sede deste Conselho Federal no SGAS 915 lote 72-Brasília/DF, conforme pauta na página do CFM: www.portalmedico.org.br. V. Sa. poderá fazer sustentação oral, usando da palavra pelo prazo improrrogável de 10 minutos e após os esclarecimentos mais 5 minutos, podendo ainda ter vista dos autos e do parecer jurídico do CFM até 30 minutos antes do julgamento (até às 13:30hs).  

 

Este Conselho Federal de Medicina cordialmente informa que, em cumprimento à Instrução Normativa CFM 003/2006, para o ingresso nesta instituição, a participação nas sessões de julgamento estabelece que todas as partes e procuradores sejam submetidos à revista com equipamento de detecção de metal.  

 

Atenciosamente  

 

José Fernando Maia Vinagre  

Corregedor do Conselho Federal de Medicina.” 

 

Em vídeo-depoimento realizado em 2004 por Ana Martinez e Luiz Fernando Sarmento com o título “Auto-hemoterapia Contribuição para a saúde Conversa com o dr. Luiz Moura”, o médico explica como técnica mantém a saúde, ou combate doenças, a um custo extraordinariamente baixo: uma seringa de aplicar injeção, material de higiene e o custo do trabalho do aplicador. 

 

O DVD produzido foi inicialmente distribuído de mãos em mãos. Depois, ganhou a internet, onde a cópia é gratuita. A explicação de que ao aumentar a imunidade, a auto-hemoterapia previne e cura de doenças, levou milhões de brasileiros - hoje cerca de 12 milhões - a fazer o uso da técnica. 

 

Milhares de depoimentos em várias mídias, principalmente na internet, confirmam a eficácia da auto-hemoterapia. Os relatos de curas de vários tipos de câncer, além da remissão de sintomas de doenças como Aids, Parkinson, Alzheimer e até Distrofia Muscular, entre muitas outras, causa perda financeira aos laboratórios farmacêuticos transnacionais. 

 

Muitas empresas de comunicação, como a Rede Globo, inicialmente investiram pesado contra a auto-hemoterapia. A mídia convencional conseguiu que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e depois os Conselhos Federais de Medicina (CFM) e de Enfermagem (Cofen), proibissem o uso da auto-hemoterapia, com decisões ilegais e que agridem a Constituição Federal.  

 

Indiferente a estas proibições, os brasileiros usam a auto-hemoterapia, e agora divulgam pelo mundo os resultados de cura. A auto-hemoterapia foi usada pela primeira vez em 1898, é livre em todo o mundo, menos no Brasil. 

 

Usada amplamente até meados do século passado, a auto-hemoterapia foi relegada ao esquecimento pelos médicos, em ação coordenada pelos laboratórios farmacêuticos transnacionais, com a descoberta dos antibióticos e outros medicamentos, alguns de custo proibitivo para a população pobre.  

 

Ainda assim, no mundo a auto-hemoterapia é praticada. É indicada principalmente por médicos e outros profissionais de saúde voltados aos tratamentos que não provocam as chamadas doenças iatrogênicas, que são causadas pelos médicos ou pelos remédios que estes prescrevem. “... Só nos Estados Unidos da América, as doenças iatrogênicas matam 786.000 pessoas por ano ...”, denunciou o médico Mark Sircus, diretor International Medical Veritas Association (IMVA). 

 

Quando o vídeo-depoimento começou a ser divulgado, o dr. Luiz Moura foi denunciado no Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj). Foi absolvido à unanimidade. Ao ganhar divulgação universal, via internet, o CFM produziu um parecer, aprovado pelo colegiado, com a finalidade exclusiva de impedir que os médicos prescrevessem a auto-hemoterapia. 

 

Analistas provaram que o parecer do CFM agrediu a ciência, ao desconhecer pesquisas realizadas sobre o tema, entre outras mistificações. Seus efeitos foram incríveis: a decisão do CFM chegou a paralisar pesquisas em desenvolvimento no Brasil. Então, com a nova posição inquisitorial do CFM, novo julgamento do dr. Luiz Moura foi realizado pelo Cremerj, e o médico foi condenado. Para a condenação, em 2007, o Cremerj indeferiu vários testemunhos de usuários, testemunhos “bem documentados”, como destaca o advogado Ronaldo Brandão.  

 

Agora, no “julgamento do processo Ético-Profissional” no CFM, o dr. Luiz Moura pode, definitivamente, perder o seu registro profissional. Ele ainda não foi cassado, pois os conselhos regionais não têm autonomia para este fim, explica Ronaldo Brandão. Agora, no CFM, a decisão pode ser final: o diploma do dr. Luiz Moura pode ser cassado. 

 

Mas o advogado Ronaldo Brandão não perde a esperança: Diz: “... quem sabe poderemos ter a decisão para uma pesquisa legal do uso da auto-hemoterapia?”. É que, nos estatutos do CFM, existe a obrigatoriedade de o órgão realizar pesquisas em casos como o da auto-hemoterapia. 

 

 

Leia mais: O crime da Anvisa, do CFM e do Cofen de ferir a Constituição Federal ao proibir a auto-hemoterapia no Brasil foi denunciado à Procuradoria da República. O processo está na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), em Brasília. A Procuradoria tem a responsabilidade de exigir o cumprimento das leis no País.  

 

A denúncia inicial contra a Anvisa e o CFM na Procuradoria da República pode ser lida em: 

http://campanhaauto-hemoterapia.blogspot.com/  

http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_62fcgmkkfk  

http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=1380&u=15  

http://www.rnsites.com.br/ 

http://www.geocities.com/autohemoterapiabr/denuncia_de_crime.pdf  

 

O recurso à PFDC pode ser analisado, entre outros, no endereço http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=1515&u=1458 

 

E, a denúncia com o título “Cofen fere ética: enfermeiro não pode mais aplicar auto-hemoterapia” está no endereço http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=2598&u=15  

 

 

Leia mais: “Re: Pesquisa aponta: parecerista do CFM é doutor, mas na ... (I)” nos endereços http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=3271&u=3188 e http://inforum.insite.com.br/39550/10285722.html 

 

 

Saiba tudo sobre é auto-hemoterapia 

 

Sobre a técnica explica o dr. Luiz Moura em artigo: 

 

“É um recurso terapêutico de baixo custo, simples, que se resume em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo.  

 

SUMÁRIO  

 

A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia comumente da prega do cotovelo e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5ml à 20ml, dependendo da gravidade da doença a ser tratada. O sangue, tecido orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E. A medula óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então a denominação de macrófagos.  

 

Antes da aplicação do sangue, em média a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a aplicação a taxa sobe e ao fim de 8h chega a 22%. Durante 5 dias permanece entre 20 e 22% para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir a aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há sangue no músculo.  

 

As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos, que quadruplicados conseguem assim vencer estes estados patológicos ou pelo menos, abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes a auto-agressão decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue aplicado no músculo, melhorando assim o paciente.  

 

1. HISTÓRICO  

 

Em 1911, F. Ravaut registra: modo de tratamento ...” O artigo foi publicado em 13/02/2006 no endereço http://www.medicinacomplementar.com.br/tema130206.asp  

 

O vídeo com a entrevista do Dr. Luiz Moura sobre auto-hemoterapia está nos seguintes endereços:  

 

http://video.google.com/videoplay?docid=-4554320633785209094&q=auto+hemoterapia&ei=Og5qSJ_DDpGErgK1uuSMDA#  

 

http://video.google.com/videoplay?docid=-4554320633785209094&q=auto+hemoterapia  

 

Transcrição do vídeo do dr. Luiz Moura no endereço http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_60fq37qknv  

 

A tradução para o inglês da transcrição do vídeo do dr. Luiz Moura está em  

http://docs.google.com/Doc?id=ddq5qwkp_61gg74q3gs  

 

http://www.youtube.com/user/smilersun , vídeo do dr. Luiz Moura com subtítulos em espanhol  

 

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 1: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/483554  

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 2: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/482800  

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 3: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/482803  

AutoHemoterapia, conversa com Dr. Luiz Moura, em português, com subtítulos em inglês, parte 4: http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento/videos/483531  

 

Site em inglês: http://instituteofscience.com/books.html Em http://www.instituteofscience.com/autohemo.html , entre outros títulos, The Autohemotherapy Reference Manual - The Definitive Guide - A preliminary technical report, by S. H. Shakman. O autor cita 916 pesquisas sobre a técnica em vários países.  

 

Alguns endereços para pesquisar sobre auto-hemoterapia  

 

http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm  

 

http://www.orientacoesmedicas.com.br/auto_hemoterapia.asp  

 

http://www.campanhaauto-hemoterapia.blogspot.com/  

 

http://www.autohemoterapia.com/ (página médica do México. Informa sobre a dosagem de auto-hemoterapia em pediatria)  

 

http://inforum.insite.com.br/39550/  

 

http://www.orientacoesmedicas.com.br/ver_opiniao.htm  

 

 

Como atua o sistema imunológico? 

 

Segundo o cientista Ricardo Veronesi, em texto publicado em 1976 (o Sistema Retículo Endotelial é hoje chamado de Sistema Monocítico Fagocitário) funciona assim:  

 

“... As principais funções do sistema R-H são:  

1) Clearance (limpeza) de partículas estranhas provenientes do sangue ou dos tecidos (inclusive células neoplásicas), toxinas e outras substâncias tóxicas.  

2) Clearance de esteróides e sua biotransformação.  

3) Remoção de microagregados de fibrina e prevenção de coagulação intravascular.  

4) Ingestão do antígeno, seu processamento e ulterior entrega aos linfócitos B e T  

5) Biotransformação e excreção do colesterol.  

6) Metabolismo férrico e formação de bilibirrubina.  

7) Metabolismo de proteínas e emoção de proteínas desnaturadas.  

8) Destoxificação e metabolismo de drogas.  

 

Respondendo por tantas e tão importantes funções, fácil é de se entender o papel desempenhado pelo sistema R-H no determinismo favorável ou desfavorável de processos mórbidos tão variados como sejam os infecciosos, neoplásicos, degenerativos e auto-imunes.  

 

Defeitos do sistema imunológico e sua importância na Patologia Humana Doenças infecciosas e parasitárias.  

 

Quando o organismo humano ou animal é agredido por agentes infecciosos ou parasitários, é acionado o sistema imunitário, em seus vários compartimentos, a fim de destruir ou neutralizar o agressor. Tanto a imunidade mediada por células, como a mediada por anticorpos, complementadas ao final pelos macrófagos, são movimentadas para impedir a ação patogênica do agente invasor. Conforme a natureza do agente etiológico, variará o setor mais importante de defesa, ora sendo os anticorpos humorais (como, por exemplo, o polivírus), ora os anticorpos secretórios (IgA), ora a imunidade mediada por células complementadas pela fagocitose dos macrófagos e dos micrófagos (polimorfonucleares neutrófilos).  

 

Além dos anticorpos, são movimentados outros elementos humorais com capacidade de neutralizar os vírus ou, indiretamente, favorecer u auxiliar a ação dos elementos de defesa do sistema imunitário. Assim, são produzidas, pelos linfócitos T, 24 linfocinas, entre elas e interferon, o M.I.F. as linfotoxinas, a IgA.  

 

...”  

 

Quando publicou este artigo, Ricardo Veronesi era professor de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; membro do Comitê de peritos em doenças bacterianas da Organização Mundial de Saúde;... …  

Endereço do texto acima é  

http://www.orientacoesmedicas.com.br/Imunoterapia_Dr_Ricardo_Veronesi_1976.pdf 

 

Veja ainda: "Hoje, até os leitos - todos nós - sabemos que a auto-hemoterapia “clássica” produz célula-tronco. Veja: Estudo localiza célula-tronco adulta em vaso sanguíneo. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/03/18/estudo_localiza_celula_tronco_adulta_em_vaso_sanguineo_1233748.html ”.  

Ubervalter Coimbra
59 anos
- Vitória -ES

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 3 comentários  -  3 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 - 11:51:46 
189.19.196.113

gostaria de saber se alguem tem alguma confirmação sobre algum problema no joelho ligamento cruzado, e teria que opera o joelho e opito pela auto hemoterapia e teve que resultado. 

grato abraço  

 

joao carlos  
lençois paulista

 Sábado, 23 de janeiro de 2010 - 21:04:58 
189.38.189.127

Mestre Ubervalter, boa noite !!! 

 

Vamos convocar MARCELO FETHA, OLIVARES ROCHA, PAULO MAGALHÃES, ILÍDIO GUIMARAES, ARSÊNIO FORNARO,WALTER MEDEIROS, Enfermeira IDA, Mestre TELMA, e demais amigos que no 

momento esqueci seus nomes HEMOTERAPICOS,DEFENSORES E DIVULGADORES para que escrevam 

ao  ... (total de 361 caracteres)

Joel Martini de Campos(joelmartini@zipmail.com.br)
60 anos
- SÃO PAULO - SP

 Sábado, 23 de janeiro de 2010 - 18:34:31 
189.63.221.122

Caros AHTs 

 

TEMOS QUE NOS UNIR E IMPEDIR QUE ESTA ARBITRARIEDADE E INJUSTIÇA ACONTEÇA. 

 

Vamos escrever todos as autoridades: 

 

http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=3300&u=18 

 

 

CONVOCAÇÃO À *** TODOS *** Autohemoterapeutas  

 

A única Instituição do Brasil que ouviu  ... (total de 3674 caracteres)

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org