Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.444.224 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 VAMOS SALVAR TODO O BLOG AQUI, de repente some do ar:

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Comentário
 Terça-feira, 2 de fevereiro de 2010 - 01:27:54 
189.63.209.111

VAMOS SALVAR TODO O BLOG AQUI, de repente some do ar: 

 

http://vivacomlinfedema.com/wordpress/?p=791&cpage=1#comment-869 

 

Viva com Linfedema 

Blog do site vivacomlinfedema.com 

« Cobertura assistencial – planos de saúde não podem mais limitar sessões de fisioterapia quando requisitadas pelo médico 

Linfedema no Discovery Channel – Histórias Incríveis » 

Auto-hemoterapia apresenta riscos à saúde, alertam especialistas 

 

PhotobucketOlá pessoal! 

 

Algumas pessoas vêm me perguntando a respeito da prática da hemoterapia no tratamento do linfedema. Fiz uma pesquisa sobre o assunto, e encontrei uma matéria no portal do Governo de São Paulo que ilustra minha opinião a sobre o tema. 

 

Pelo que andei lendo, não existe estudo sério, muito menos comprovação científica de que esta prática seja eficiente, muito pelo contrário; existe sério risco à saúde das pessoas que se submentem a hemoterapia. 

 

Vejam o que diz a matéria: 

 

” Seg, 07/05/07 – 09h30 

 

Auto-hemoterapia apresenta riscos à saúde, alertam especialistas 

 

Sangue é retirado no momento em que será aplicado no paciente e não recebe nenhum tratamento 

 

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CRMESP) alertam para o uso da técnica conhecida como auto-hemoterapia. Ela consiste na retirada do sangue do paciente e na aplicação, uma vez por semana, no músculo do braço ou nas nádegas. O sangue é retirado no momento em que será aplicado no paciente e não recebe nenhum tratamento. 

 

De acordo com Dalton Chamone, professor titular de hematologia e hemoterapia da FMUSP e presidente da Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo, “a prática é tão antiga quanto o uso de sangria há 200 anos. Não há comprovação científica sobre a eficácia do tratamento”, explica Chamone. 

 

A auto-hemoterapia vem sendo utilizada em todo o País. O médico carioca Luiz Moura, chegou a defender essa prática num DVD. Na Internet existem vários sites que divulgam o tratamento. O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro está abrindo sindicância contra o médico. 

 

Chamone disse que não sabe o valor das sessões, mas ouviu o relato de alguns pacientes que o custo de cada aplicação pode chegar a R$ 500,00. 

 

A Anvisa também lançou nota técnica, no dia 13 de abril, que condena a prática da auto-hemoterapia, porque não há estudos científicos que comprovem sua eficácia.Alerta – A FMUSP alerta que a auto-hemoterapia não tem fundamento científico e pode provocar efeitos colaterais graves, como infecção generalizada, e levar o paciente à morte. Chamone disse que “a técnica é uma ‘picaretagem’, pois não há evidências científicas que comprovem sua eficácia e segurança. 

 

O efeito é absolutamente inócuo e é uma absoluta incoerência retirar o sangue e aplicá-lo novamente, para que ele circule em todo o corpo, se ele já estava circulando. É um tratamento de modismo, tal qual tantos outros. No interior do Brasil, ainda é comum as pessoas beberem urina de cavalo para tratar várias doenças”, informa o médico. 

 

Desirè Carlos Callegari, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, também adverte sobre os riscos de infecção que podem em determinados casos evoluir para a infecção generalizada, levando alguns pacientes ao óbito. Chamone explica que “a infecção pode ocorrer porque há bactérias na pele e uma parte delas pode entrar na seringa. Quando você injeta o sangue no músculo, forma-se um hematoma, que é uma fonte de cultura de bactérias”. 

 

Comprovação científica – Entidades médicas, FMUSP e comunidade científica não reconhecem a auto-hemoterapia como prática médica. A Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (SBHH) lançou nota oficial esclarecendo a população de que não existe na literatura médica (nacional e internacional), qualquer estudo com evidências científicas sobre este tema e que “são desconhecidos os possíveis efeitos colaterais e complicações dessa prática”. A auto-hemoterapia foi proibida, também, pelo Conselho Federal de Medicina. 

 

Velha técnica promete curar de acne a câncer 

 

A auto-hemoterapia consiste na retirada do sangue do paciente e na sua introdução, uma vez por semana, no músculo do braço ou nas nádegas. De acordo com os profissionais de saúde que utilizam a técnica, a quantidade de sangue a ser aplicada depende da doença que deve ser tratada e pode variar de 5 mililitros a 20 mililitros. Cada braço pode receber até 5 mililitros e cada nádega até 10 mililitros. Quando o organismo recebe o sangue no músculo, o reconhece como um corpo estranho, o que estimularia o sistema imunológico. O método, segundo eles, seria capaz de curar de acne a câncer. 

 

Maria Lúcia Zanelli 

 

da Agência Imprensa Oficial 

 

(J.H.)” 

 

Portal do Governo de São Paulo 

 

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=84204 

 

Conforme se vê na reportagem acima, essa prática pode provocar infecção generalizada. Há de se lembrar que as pessoas com linfedema, muitas delas têm ausência ou insuficiência de linfonodos, que são os gânglios responsáveis pela defesa do organismo. Sendo assim, muitos de nós tem as defesas debilitadas nos membros acometidos pelo linfedema.Photobucket 

 

Vamos ficar espertos e procurar informações de fontes seguras. 

 

Beijos para todos vocês!!!!! 

 

Até a próxima pessoal! 

 

Photobucket 

 

This entry was posted on Saturday, July 18th, 2009 at 16:19 and is filed under Uncategorized. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site. 

18 Responses to “Auto-hemoterapia apresenta riscos à saúde, alertam especialistas” 

 

1. Joel Martini de Campos Says: 

July 20th, 2009 at 19:20 

 

Dra. Maria Lúcia Zanelli, boa tarde !!! 

 

As informações veiculadas nêsse BLOG são inverídicas. 

1-) Ninguém cobra R$ 500,00 reais por aplicação, portanto provavelmente 

o Dr. CHAMONE não disse isso pois a senhora não colocou entre aspas 

” os dizeres do doutor médico e advogado ” para afirmar que são falas 

dêle como é costume nos meios jornalísticos. 

2-) O prêço é só de R$ 2,00 reais, agulha,seringa,algodão, alcool, luvas - 

esterilizadas. OBSERVAÇÃO:- O aplicador dificilmente cobra e faz isso 

por caridade para os necessitados. 

3-) Quem cobra até R$ 3.000,00 são outras pessoas, verifique reportagem 

na Folha de São Paulo, seção SAÚDE para se informar. 

4-) Para isso disvirtuam a TERAPIA COMPLEMENTAR misturando o sangue 

COM OZÔNIO, SOLUÇÃO SALINA, ÁGUA DESTILADA,etc,etc,etc. 

5-) A terapia já existe à 111 anos. Não houve nenhuma denúncia nos - 

orgãos oficiais de saúde sobre o procedimento, portanto dizer que são 

desconhecidos os efeitos colaterais é escrever no campo das suposi- 

ções:- RETÓRICA E TEORIA. 

6-) Ao invés de escrever, falar, proibir seria sensato que fizessem pesqui- 

sa, procurassem os que relataram CURA ou REMISSÃO,ETC,ETC,ETC. 

7-) Visite os sites que divulgam, procure entrar em contato com pessoas 

que dizem estar CURADA, lá tem seus emails. 

8-) Na revista ISTOÉ tem relato com foto de pessoa CURADA. 

9-) Veja seu BLOG não dá liberdade de escrever, portanto estamos cer- 

ceados, contrariando a LEI DE IMPRENSA, devemos submeter nosso 

comentário à sua vontade. Acima estou identificado:- 

joelmartini@zipmail.com.br, fraternalmente, Joel 

2. Joel Martini de Campos Says: 

July 20th, 2009 at 22:57 

 

Olá pessoal, boa noite !!! Feliz dia dos amigos e da amizade !!! 

Essa saiu do fôrno agora, Leia:- 

http://inforum.insite.com.br/39550/9280477.html 

Abraços, Joel 

3. fernandagueiros Says: 

July 21st, 2009 at 15:43 

 

Marcelo, 

discordo de tudo o que você disse, porém este é um espaço democrático em que todos podem se manifestar, sem agressões. 

Grande abraço. 

4. fernandagueiros Says: 

July 21st, 2009 at 15:51 

 

Joel, 

este blog não é da Dra. Maria Lúcia e este é um espaço em que todos podem se manifestar. Os comentários passam por aprovação do moderador pois recebemos muitos spams. 

Quanto ao assunto, este blog é sobre linfedema, e quanto a isso, realmente não existe cura pela hemoterapia (eu não concordo com o procedimento, mas independente da minha opinião, temos de convir que o linfedema nada tem a ver com esse tratamento), ou qualquer outro procedimento médico que não seja a TERAPIA FÍSICA COMPLEXA. 

Abraço. 

5. Julinha Says: 

July 27th, 2009 at 04:23 

 

Na China há relatos de cura do linfedema através da acupuntura, deveríamos pesquisar e tentar essa técnica!! 

6. Dimas Says: 

August 2nd, 2009 at 16:37 

 

CONCORDO COM O JOEL MARTINI… QUEM NÃO FAZ USO DA AUTOHEMOTERAPIA…NBÃO PODE OPINAR…EU FAÇO HÁ CERCA DE 14 MESES E POSSO AFIRMAR COM “AUTORIDADE”… DOS BENEFÍCIOS QUE EU TENHO RECEBIDO… E QUANTO A GRIPE H1N1 todos aqui em casa (inclusive meus filhos0 estão fazendo autohemo.. até passar a paranóia…. 

COMO JÁ DISSE. SÓ PODE FALAR DA AUTOHEMO QUE FAZ….. O RESTO SÃO MÉDICOS! 

7. fernandagueiros Says: 

August 4th, 2009 at 03:52 

 

Olá Julinha! 

 

Infelizmente ainda não há cura para o linfedema, mas acredito que a acupuntura, e outras terapias orientais ajudem no controle do stress, ansiedade, depressão e outros males emocionais desencadeados pelo transtorno que o linfedema traz para as pessoas que com ele convivem. 

 

Estamos à espera da participação de todos com dicas de temas. Vamos pesquisar sobre essas terapias e postar aqui no blog! 

 

Grande abraço! 

8. Olivares Rocha Says: 

August 13th, 2009 at 20:52 

 

Sei de seu sofrimento pois minha mãe depois de passar por um grande trauma, passou a sofrer de asma e hipertensão. 

Medicada convencionalmente, só achou paliativos de controle. Mas sempre teve uma visão holística e otimista da vida. Sua alimentação e estilo de vida são o mais natural possível, o que tento copiar da maneira possível… 

Em janeiro de 2007, recebeu um dvd com uma entrevista de um médico do RJ. Depois de assistir a entrevista, e como não mora no RJ, procurou um médico que receitasse este tratamento. Quando conseguiu, me deu uma cópia do dvd. Achei uma sandice. Tentei de todas as formas de proibi-la de fazer o tratamento. Mas com a distância e a receita médica, nada pude fazer. Fui então ao CREMERJ denunciar. Na época não aceitaram denúncia pois o tratamento era reconhecido. Fui então à cata de provas de minha preconceituosa opinião na internet. Em 3 meses de pesquisa só achei provas de sua eficácia, segurança e baixo custo. Nesse tempo ela deixou de ser sintomática de asma e hipertensão. Aí meu preconceito deu lugar à estupefação! A coisa funciona!!! 

Passei eu então a fazer. No mês seguinte, em junho, minha esposa passou a fazer. E a seguir minha sogra. 

Já estamos há 2 anos fazendo.. Não sou totalmente contra remédios, mas tenho sérias restrições a estes, evitando-os ao máximo. 

Só estou te contanto esta pequena história, verídica, foi para que tente entender meu empenho em divulgar a AUTO-HEMOTERAPIA. 

Poderoso e antigo tratamento por Imunoterapia. 

Em minha família somos 5 fazendo, há mais de 2 anos e algumas patologias com ela controladas, em remissão ou mesmo curadas: 

Asmas; 

Hipertensão; 

Plaqueotopenia leve; 

Gripes; 

Aftas; 

Enxaquecas; 

Abscessos na garganta; 

Inflamações de problemas ortopédicos; 

Hipertiroidismo (havia previsão de cirurgia num tumor benigno de tireóide, afastado pelo médico após exames de controle constatarem a diminuição do seu tamanho) 

Menopausa (assintomática – é um distúrbio natural do declínio na produção hormonal feminina); 

Etc… 

 

Não se trata de simpatia, picaretagem, mentira ou crendices, mas de um tratamento médico, receitado por médicos daqui e de vários outros países há quase 100 anos, empregado em Veterinária, com vários trabalhos e pesquisas científicas publicados há décadas, um recente fala da sua eficácia no tratamento do Herpes (2006), que provoca um estímulo imunológico poderoso. O seu S.I. é que produz os efeitos.. 

Peço que se dê a chance de conhecer, sem o preconceito que me vi obrigado a abandonar para tentar entender o que é a AH. Aí, de posse do conhecimento mais aprofundado, terá a chance de tirar suas próprias conclusões. 

 

Disdtribuo de graça algum material que pode ajudar a compreender o que é este tratamento médico secular, empregado no Brasil desde 1918 até dezembro de 2007, sem restrições, complicações ou registro de ineficácia nos órgãos de saúde. Elo contrário, todos os relatos dos praticantes, com ou sem receita médica, são d satisfação. 

Espero sinceramente, que leiam com atenção, e pesquisem na internet, nos fóruns sites, no Youtube, Orkut, livros de Medicina onde a Ah tem registro, alguns de 1988, 2006, onde tem vários vídeos de praticantes, entrevistas de médicos etc, com médicos e tire suas próprias conclusões. 

 

A Ah na gripe espanhola de 1918: 

- http://www.preac.unicamp.br/memoria/textos/Liane%20Maria%20Bertucci%20-%20completo.pdf 

9. fernandagueiros Says: 

August 17th, 2009 at 19:33 

 

Olivares, 

 

muito interessante, mas no nosso caso, linfedema, esse tratamento não adiantaria. O linfedema da maioria das pessoas que frequentam este site, é causado pela ausência de gânglios linfáticos, e isso ainda não tem cura. Talvez um dia as células tronco possam produzir esses gânglios para que sejam implantados em nosso corpo, para que assim, possamos ter uma circulação normal. 

Obrigada pela partcipação, 

Abraço. 

10. Olivares Rocha Says: 

August 24th, 2009 at 22:04 

 

Fernanda Boa noite… Não falei em cura, só relatei alguns dos muitos benefícios que esta terapia forneceu nas mais variadas doenças. Há o relato de Genaura Tormim, que sofreu de miastenias graves. ficou paralítica e ATESTA que sua sensibilidade melhorou, depois de mais de 20 anos de paralisia, permitindo sentir fome, tossir naturalmente e dispensar fraudas geriátricas!!! Ela mesma começou a Ah para problemas de trombose… E obteve estes benefícios inesperados 

… 

http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/387723 

 

De qualquer forma, espelhe-se no casal que conseguiu enfrentar a intelligentsia da sua época e prolongou a vida do seu filho, que foi tema do filme Óleo de Lorenzo… 

Quando fechamos uma porta para nós mesmos, não há que a abra… 

Não limite suas alternativas, sejam com a AH ou outra terapia qualquer… 

Relatos de melhora na circulação sanguínea e nas defesas do sistema Imunológico pululam na internet… 

Não creio que vá alcançar cura para sua mazela, mas creio sim que a AH ajudará a enfrentar as complicações dela advindas.. Ainda não achei um caso de doença em que a AH não haja efetivamente, ainda que perifericamente, no equilíbrio da saúde… 

Pesquiso em fóruns em sites, livros, revistas, etc, há quase 3 anos… 

e tudo que acho referenda esta técnica maravilhosa. Distribuo farto material (DVD e livreto ) de graça há 2 anos, para que as pessoas tenham a chance de conhecer, podendo optar ou nãoem fazer a AH, mas com base em informações verdadeiras e não em dogmas científicos que são empregados para acobertar a AH… Basta pedir… Tudo disponível em sites e Youtube.. 

terapias estão sendo desenvolvidas e fomentadas baseadas na aplicação da AH: o sangue injetado no corpo do doente para restabelecer saúde – PRP. PPP. tampão sanguíneo peridural, Fator de Crescimento Plaquetário etc.. Todas, a meu modesto ver, cópias caras e sofisticadas e travestidas de tecnologia de ponta, da velha, boa e eficaz AH.. e, diga-se de passagem, que é de graça!!! 

 

Veja outro exemplo. A AH estimula a homeostase até em problemas oftalmológicos, pois achamos depoimentos de controle de glaucoma com esta terapia.. Conheço um cirurgião no RJ que aplica sangue autólogo dentro de olho lesionado por acidente, terapia esta que economiza sofrimento e muito $$$ (cirurgias cujo custo gira na casa dos R$ 4000,00 são dispensadas com esta terapia, com custo de material sendo uma seringa – ele fez este tratamento em parente meu, evitando 2 cirurgias para o caso dela) Na verdade este tratamento é “declinado” pela class por causa deste “detalhe”, conforme suas palavras… 

11. luci Says: 

October 21st, 2009 at 18:17 

 

Conheci a auto-hemoterapia através de uma amiga que mora na Itália,lá a prática é bastante antiga e comum. 

Deveriam fazer estudos mais detalhados sobre o assunto. 

Quanto a possíveis efeitos colaterais, toda vez que tomo algum remédio,fico em pânico, pois com poucas exceções, eles podem causar inúmeros efeitos colaterais,inclusive levando à obito e, continuam senso comercializado, deixando claro que o médico deverá avaliar custo benifício. 

12. Marina Says: 

October 25th, 2009 at 01:26 

 

O que acho estranho, que se pesquisa tantas plantas de conhecimento popular para conformar os efeitos. E uma tecnica que tem mais de 100 anos e a medicina vem dizer que não existe uma pesquisa concreta. Me desculpa o que dar para pensar é que existe não interesse mesmo, ou tem medo de confirmarem que tudo que se fala sobre a tecnica seja verdadeiro. E com certeza será ruim para o campo farmceutico e até mesmo para area médica. 

13. rodrigo Says: 

October 25th, 2009 at 22:28 

 

“a infecção pode ocorrer porque há bactérias na pele e uma parte delas pode entrar na seringa. Quando você injeta o sangue no músculo, forma-se um hematoma, que é uma fonte de cultura de bactérias” 

 

Isso significa q a pessoa pode pegar infecção com qualquer aplicação..até msm uma simples vacina e não exatamente com a auto hemoterapia.. 

 

Até onde eu entendi.. só bastar ter higiene na hora da aplicação 

14. joao jose silva Says: 

December 8th, 2009 at 22:48 

 

Uso a AH a mais de um ano, minha esposa sofria de “psoriase” depois da terceira semana de aplicação da AH a “psoriase” desapareceu. 

Indiquei a um amigo que tem 18 anos de idade e se escodia em casa pois tambem sofria de “psoriase”, ele tinha o problema em todo o corpo, braços, rosto, tronco e pernas, depois da terceira aplicação ele não tem mais nada, hoje esta radiante e feliz com o resultado. 

Com isto, creio que a AH realmente funciona, basta experiemntar e esperar que em pouco tempo da pra perceber os resultados positivos. 

15. ronaldo navarro Says: 

December 23rd, 2009 at 11:02 

 

sera que o conselho federal de medicina nao tem capacidade de jugar casos de tratamentos caseiros. companheiros vamos observar se os mesmos tem fundamento tecnico cientifico, ou a vida nao tem mais valor, 

16. Igor Santos Says: 

December 28th, 2009 at 15:23 

 

Fernanda, você mexeu num vespeiro ao cogitar a possibilidade da AHT não funcionar. 

Como você já deve ter percebido, seu blogue será inundado por semianalfabetos que não conseguem ler além da crítica e crentes que acham que esse tratamento inútil funciona porque querem que ele funcione. 

Auto-hemoterapia não funciona e faz mal. Se por nenhum outro motivo, pela simples falta de eficácia. 

 

Saudações de um colega blogueiro. 

17. Junior Hallak. Says: 

January 19th, 2010 at 00:13 

 

Prezados, 

 

O risco de infecção generaizada pode sim ocorrer, porém , somente caso os cuidados básicos não sejam tomados como ( assepcia ) 

 

Fosse assim, não poderia ser administrada por via intramuscular NENHUM TIPO DE MEDICAMENTO como ( penicilina , antibióticos etc .) 

, seja ela qual for . 

 

Ora, ainda mais, uma pele limpa com assepcia não pode contaminar o sngue coletado, como fazem entào os laboratórios , as clínicas que coletam sangue para análises ? Como fazem entào as transfusòes de sangue? 

 

Tudo deve ser bem orientando apenas isto. 

 

A Auto-Hemoterpia é sm efcaz e tem comprovaçào científica embasada . 

 

Dizer que a pele tem impurezas, bactérias e podem ser levadas ao sangue administrado via intramuscular é demais . ( claro, e pele humana tem diversos tipos de bactérias porém com solucao *Alcool à 70% nào resistem .( como citado acima) . 

 

me poupem de politicagem, poupem-me da INDÚSTRIA FARMACÉUTICA QUE VIVE DE VENDER REMÉDIOS E NAO MOSTRAM À POPULAÇAO OS MÉTODOS ALTERNATIVOS DA MEDICINA . 

 

Poupem-me da ANVISA que vive dessas empresas farmacéuticas . 

 

basta. 

18. Lucia Zanelli Says: 

January 21st, 2010 at 15:41 

 

Olá: 

 

Quero corrigir alguns erros no seu blog. Primeiro: o Diário Oficial do Estado não é um blog, é um jornal onde se publicam atos do governo estadual, ou seja, não podemos cometer erros. Não colocamos “erramos”.. Isso não existe. Quando escrevi a matéria, eu entrevistei pessoas responsáveis e de credibilidade que possuem títulos acadêmicos e não praticam ‘bruxaria’ ou ‘charlatanismo. Segundo: eu não sou mentirosa, verifico os fatos e depois somente publico. Isso é ter credibilidade e cumprir o meu papel como jornalista (com diploma e com mais de 20 anos de experiência na área)… Infelizmente, as pessoas quando estão extremamente doentes, fazem qualquer ato insano para restabelecer a sua saúde e infelizmente caem nas mãos de charlatões… 

 

 

19. Marcelo Fetha Says: Your comment is awaiting moderation. 

 

February 2nd, 2010 at 01:23 

 

Muito interessante os termos que uma jornalista experiente, como se diz, tem feito uso para se referir às pessoas. 

 

Chamar de “charlatanismo”, “bruxaria”, ato insano”, terapias como a AHT é continuar ofendendo ao Dr. Luiz Moura. 

 

O que faltou a jornalista foi verificar o outro lado da história, e certificar-se antes de usar termos ofensivos, pois ofende não somente a AHT como todos os outros profissionais, até muito mais capacitados do que os mencionados. 

 

E quanto às pessoas responsáveis que a jornalista se refere, em matéria de Auto-hemoterapia, não fizeram nem o pré-primário. 

 

Algum deles fala alemão ou russo? Quantos doutorados eles tem? Pois Dr. Jorge Gonzalez Ramirez falava mais 5 idiomas além destes e tinha 3 doutorados. 

 

Estou salvando este site inteiro, e juntando à outros e enviando o para o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Que com certeza não vai gostar nada em saber que publicou 3 artigos sobre “ato insano”, “bruxaria”, “charlatanimo”, charlatões” em seu portal. 

 

Boa noite, (e não vou voltar a postar aqui). 

 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org