Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.485.102 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 obrigado, de novo, meu amigo Marcelo. Fico impressionado

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Comentário
 Segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 - 00:40:24 
201.19.93.22

obrigado, de novo, meu amigo Marcelo. Fico impressionado pela sua perseverança. Não tem uma novidade sobre a Ah que não se perceba o seu dedo na sua divulgação, defesa e argumentação.  

Valeu mesmo, guerreiro!! 

E é isso mesmo, tem muito lobo sob a pele de cordeiro... Perguntas quase cretinas, afirmações quase absurdas, desviando o foco da Ah e levando à mitificação da terapia. Um dos campos dos contra é a contra-informação...  

Não se engane. Ainda não pegaram mais pesado porque não houve conveniência. Mas o que me incomoda mesmo é a inércia das pessoas que se beneficiam com a AH... me entristesse e desespera, não no sentido de urgência, mas de falta de esperança mesmo... 

Poxa se temos tantos milhares, (milhões talvez) usando a Ah com sucesso, por que não vemos uma mobilização mais ativa destes? 

Onde estão seus depoimentos? seus vídeos no Youtube, suas manifestações nos fóruns, sites, etc? 

Cadê essa gente? 

Por que não cobram, com cidadãos, seus direitos? Por que não exigem que se procedam estudossobre a AH? que liberem a Ah? 

cadê a indignação do povo? 

Onde está a consciência, a gratidão e o senso de justiça destas pessoas? 

No orkut, pedi adesão, gratidão, participação, de qualquer forma, e poucos se deram ao trabalho de pelo menos responder... 

Coisa da coisificação da do ser humano, onde seus interesses pessoais, e mesquinhos mesmo, estão sempre em primeiro lugar... 

Comecei a ver um filme que está nos cinemas, Os substitutos, onde as pessoas usam robôs conectados em seus cérebros, pelo qual controlam estes robôs, para viver as vidas como se fossem eles (uma versão real do mundo virtual The Sins, acho que é assim que se escreve) . Os robôs vivem as vidas, trabalham, se divertem, passeiam, namoram, com a aparência que as pessoas, na segurança de suas casas, querem ter...tem gente hoje mesmo vivendo avatares mais que sua própria vida real. Mas pelo que estou vendo, as pessoas estão vivendo avatares de carne e osso, manipulados como marionetes deles mesmos, onde quem pensa que comanda a sua marionete, é marionete de um manipulador maior... Viajei, mas é assim que vejo. 

As pessoas, mecanizadas, programadas para satisfazer meia dúzia de instintos básicos, hipnotizadas pela ânsia de satisfazer suas ganâncias mesquinhas... Sem olhar para os lados, sem pensar...Sem questionar...  

Banalização da idiotisse.... 

Tem uma comédia que estou caçando a tempos, Idiocracia, que vê esta "evolução"... 

Estamos todos mergulhados num processo de idiotização, via tv e demais mídias, com seus BBBs, Pânicos na TV, Gugus e cia. do dia-a-dia... 

Mas.. chega. Não vou perturbar vc mais com minhas "viagens"... 

Pé no chão, e pelo menos uma boa luta de se lutar de cada vez... 

Um abraço e parabéns pela sua garra... 

Olivares Rocha
44 anos
- RJ

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org