Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 4.052.441 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Caro amigo falou tudo. Este é o problema. Quem ler estas

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Comentário
 Quarta-feira, 24 de junho de 2009 - 01:38:47 

Caro amigo falou tudo. Este é o problema. 

 

Quem ler estas denuncias abaixo, entende que a industrria farmaceutica é poderosissima, e COMPRA todo mundo,. bem só os malandros que se vendem claro. 

 

* quem ainda não leu, vale a pena ficar por dentro: 

 

Vejam como as indústrias farmacêuticas, lá longe nos "States" podem ou poderão influenciar nossas vidas. MARKETING DOS LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS ou dá muito lucro dizer às pessoas saudáveis que estão doentes - *Os vendedores de doenças*, por Ray Moynihan, Alan Cassels. As estratégias da indústria farmacêutica para multiplicar lucros espalhando o medo e transformando qualquer problema banal de saúde numa "síndrome" que exige tratamento.Há cerca de trinta anos, o dirigente de uma das maiores empresas farmacêuticas do mundo fez declarações muito claras: Os vendedores de doenças: 

http://autohemo.cloud.prohosting.com/os_vendedores_de_doencas.htm 

http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=1191&u=83 

ou baixe o arquivo: http://www.geocities.com/autohemoterapiabr/Os_vendedores_de_doencas.pdf 

 

 

Se você ficou estarrecido com o artigo acima, veja então este outro: Não confie nos laboratórios. O ex-executivo da Pfizer diz que as práticas da indústria farmacêutica são ilegais e antiéticas, por SUZANE FRUTUOSO: 

"Escritor sueco Peter Rost tornou-se o pesadelo da indústria farmacêutica. Ele foi demitido do cargo de vice-presidente de Marketing da Pfizer em dezembro de 2005, depois de acusar a companhia de promover de forma ilegal o uso de genotropin, um hormônio do crescimento. A substância era vendida como um potente remédio contra rugas. A empresa teria faturado US$ 50 milhões com o produto em 2002. No fim da década de 90, quando era diretor da Wyeth na Suécia, Rost denunciou também uma fraude na companhia: sonegação de impostos. 

ÉPOCA – Como a indústria farmacêutica se tornou tão poderosa? 

Rost – Eles ganham muito dinheiro, cerca de US$ 500 bilhões ao ano. E podem comprar a todos. Os laboratórios se tornaram donos da Casa Branca. O governo americano chega a negociar com os países pobres em nome deles."... veja mais em http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=1398&u=14 

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG78228-8055-480,00.html 

 

 

E SE LER ESTES ARQUIVOS ABAIXO, Aí sim vai descreditar do ser humano de vez: 

 

1-) Frases do Dr. Patch Adams: http://autohemo.cloud.prohosting.com/patchadams.htm 

 

2-) Indústria do câncer: Se você digitar na pesquisa do Google, industria do cancer, encontrará: Resultados 1 - 10 de aproximadamente 1.030.000 para industria do cancer (0,06 segundos) - 9-fev-2009. Quer saber mais sobre isso? http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=1615&u=14 

 

3-) mais 32 arquivos sobre a Crise da Medicina: http://www.geocities.com/autohemoterapiabr/medicina_em_crise.zip 

 

4-) mais 8 arquivos sobre a Crise da Medicina: http://www.geocities.com/autohemoterapiabr/medicina_em_crise_2.zip 

 

 

5-) Medicina em Crise: http://www.taps.org.br/Paginas/MedicinaArt.html 

 

Artigos: 

• Indústrias farmacêuticas "enganam" as publicações médicas  

• Comparação entre métodos holísticos e os métodos convencionais  

• Conhecimento aumenta — a saúde diminui  

• Corrupção na medicina moderna  

• Crise na medicina  

• Cuidados da saúde num mundo enfermo  

• Declaração de ALMA-ATA  

• Engodo da AIDS, o comércio com o coração, a procriação e o câncer  

• Evolução da medicina  

• Fluoreto para controle populacional?  

• Iatrogenia  

• Jogando com a saúde  

• Limites da medicina  

• Medicina em excesso?  

• Medicina integral  

• Notícia do Baltimore Sun — O médico do ano 2092  

• O que os médicos não lhe contam  

• Outra visão da saúde  

• Procura-se novos pacientes  

• Revisão do juramento médico  

• Saúde: o que significa?  

• Transfusões de sangue supervalorizadas  

Transplantes:  

• Pode ser retalhado o ser humano?  

• Riscos dos xenotransplantes  

• Transplante de órgãos  

• Turista alemão declarado morto: Queriam tirar seus órgãos, mas ele se curou!  

 

O consumo crescente de medicamentos não melhora a saúde, mas cria mercados provocados pela própria indústria farmacêutica.  

Veja em Câncer o vídeo da Dra. Lorraine Day sobre as causas das doenças e como melhorar sem medicamentos.  

Medicamentos:  

• Antibióticos - até quando?  

• Drogas farmacêuticas e as mortes que provocam  

• Fizemos o melhor possível!  

• Indústria farmacêutica e o Terceiro Mundo  

• Intoxicação com metais pesados  

• Medicamentos: bênção ou maldição?  

• Melhor uso de medicamentos  

• Novos medicamentos  

• Quebrando o hábito de usar antibióticos  

• Suíça: 90% dos bezerros recebem antibióticos  

• Vamos utilizar os medicamentos de forma razoável!  

 

 

 

Marcelo    

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2021)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org