Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.414.258 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 As complicações do sangue extravasado resumem-se: - à

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Comentário
 Quinta-feira, 21 de janeiro de 2010 - 19:25:28 
200.20.24.78

As complicações do sangue extravasado resumem-se: 

- à causa. No seu exemplo, ou do médico, uma martelada no dedo. A dor e inchaço são reações naturais à pancada. O sangue ali fica retido e será absorvido naturalmente. (meu filho foi atropelado em 2007, ficou com quase meio litro no seu baixo-ventre/púbis, derivado dos músculos afetados pelo trauma e pou uma fissura de sua bacia.Após 8 dias de internação, todo o sngue foi absorvido naturalmente, sem cirurgia ou punção. Precaveu-se de criar cultura (infecção) no local tomando antibióticos conforme prescrição médica do hospital onde esteve internado. Tenho toda a documentação atestando estes fatos). 

 

- infecções oportunistas. A pancada pode, eventualmente, provocar fissuras, arranhões, na pele, criando uma janela para contaminação acessar o local..Principalmente se vc estiver num perído imunodeprimido... 

Um hematoma comum não tem o condão de promover o estímulo imunológico procedido pela AH... 

Mas no cao do meu filho, que só tomopu antibióticos quase no segundo dia depois do acidente, que lhe causou diversos ferimentos, tendo levado mais de 40 pontos pelo corpo e sua perna ficou muito "ralada' pela roda do caminhão, que jogou-o numa poça de lama Ficou 1 dia no Lourenço Jorge e só foi limpo no Hospital Santa Terezinha), ele não teve sequer um ferimento infeccionado... coincidência? 

 

Conhece ou já ouviu falar de complicações em hematomas? 

 

Mas se com disse, tem certeza de que a Ah vai criar complicações, NÃO a pratique.  

 

 

Já eu uso a AH há 33 meses.  

Minha esposa, mãe e sogra também. Todos estamos muito satisfeitos com a terapia.  

Em função de seus efeitos, tivemos diversos medicamentos suspensos pelos médicos que os prescreveram ao constatarem a nossa saúde: Asma, hipertensão, plaqueotopenia leve, enxaquecas, cólicas menstruais, TPM, crises constantes de aftas, amidalites, sintomas de menopausa, regressão do tamanho de tumor de tireóide, quando havia previão de cirurgia se mantida a taxa de crescimento, inflamação do meu joelho (não tenho mais a cartilagem) são alguns dos benefícios que a AH nos proporcionou. 

Mas repito: deixamos de consumir remédios por determinação médica, posto que usamos a ah como complemento, como sempre receitaram os médicos que a prescreviam.. 

Para quem acha exótica a Ah, lembro: é empregada em Veterinária há séculos, sendo o principal tratamento para algumas doenças em animais cujo valor gira na casa dos milhões (quem trabalho com cavalos de corrida ou reprodutores top de linha, sabe do que falo) receitada em vários países, sem proibições, e foi praticada por médicos aqui desde 1918 (gripe espanhola de 1918 - Fund Manguinhos Oswaldo Cruz, com 100% de eficácia) até 2007, sem constar qualquer denuncia de efeitos colaterais ou queixas nos órgãos de saúde, ou de consumidor etc... No México, temos clínicas de Ah pelas ruas. Na Alemanha é empregada por médicos há mais de 76 anos. Existem diversas terapias dela derivadas: PRP -no youtube uma reportagem do Globo Reporter de 01/10, mostra o que é); o PPP, uma variante da PRP; tampão sanguíneo perdural; injeção de sangue autólogo em olho lesionado; fator de crescimento plaquetário etc...  

Uma pesquisa sobre a AH procedida na Fundação Oswaldo Cruz, em 2009 ,comprovou os seus benefícios. Mas nem precisava... Milhares de beneficiados, décadas a fora, em dezenas de países, referendam a Ah para além de qualquer remédio de prateleira de farmácia.  

E para quem ojeriza a Ah preconceituosamente, pergunto: Seria aberração, nojento, receber um coração ou rim de outra pessoa? E um enxerto de pele ou músculo, mesmo que de vc mesmo? 

Quando sofre um hematoma, fica com nojinho? 

A Ah é o tratamento que, imitando um hematoma natural, usa o seu próprio (auto) sangue (hemo) para tratar (terapia) a saúde do doente, o para manter seu sistema imunológico ativado ao máximo. Procure nos fóruns um praticante que, usando regularmente da AH, tenha adoecido de dengue ou gripe suína. Eu, em 3 anos, não achei um... Claro que a pessoa pode ser contaminada, mas como seu S.I. está super-ativado, não adoece a ponto de ter diagnosticada estas doenças, por exemplo. Eu nem lembro mais o que é uma gripe, quando antes da Ah as tinha trimestralmente... 

Ademais, a Ah sempre foi receitada, em hospitais era usada corriqueiramente até os anos 40, como complemento ao tratamento convencional, nunca como substituta da terapia ortodoxa... 

Quem tem doença virótica atesta que a sua carga diminui diante da AH, objeto maior do tratamento convencional... 

Pesquise. 

Fonte(s): 

youtube, fóruns, sites oficiais, Fundação Oswaldo Cruz, entrevistas de médicos, depoimentos de milhares de usuários da AH, registro histórico em diversos livros de Medicina, alguns dos anos 80, outros dos anos 90, outros, ainda, dos anos 30, 60 etc... Toda pesquisa científica que tenha empregado a AH - no wikipedia tem uma feita nos EUA, atestando o sucesso da AH no tratamento do herpes por exemplo... 

 

Olivares Rocha
44 anos
- RJ

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org