Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 3.674.563 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Alguem poderia postar por gentileza, a resposta do Luis

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Comentário
 Quarta-feira, 10 de março de 2010 - 10:48:18 
189.63.221.209

Alguem poderia postar por gentileza, a resposta do Luis Filipe e também a da Angela, senão o prof Munir vai dizer que to com perseguição: http://www.gaparp.org.br/noticias/index.php?id=16553#comentario 

 

...para o "sabichão" da ciência mercantilista da doença...Munir Massud...Mussud Manir...Mussir Manud... 

 

RESPOSTA DE PORTUGAL ao Sr. Munir Massud... 

Um abraço 

Luis Filipe 

 

Esse "indígena" (com todo o respeito pelos verdadeiros...) confunde a Ciência Ética que serve a Humanidade e se apoia na Natureza, com a "ciência" mercantilista que conta as Pessoas como conta os Dólares, desumana e desprovida de qualquer ética... 

 

Deixo para ele esta análise realista, para que reflicta sobre a sua ignorância e o seu analfabetismo no que respeita aos valores humanos, para que pesquise sobre a Ciência da Indústria Farmacêutica verdadeiramente arcaica e obsoleta relativamente aos Valores Humanos, e nos diga depois se ainda acredita assim tanto na base de dados da Ciência sem ética - o Medline. 

 

Aqui vai para análise sob o título: 

 

"Agora que os noticiários já quase não falam da gripe A, surgiu a informação de que os ganhos da indústria farmacêutica por causa e em função desta estirpe (...) estão sob suspeita do Conselho da Europa..." 

 

Agora que os noticiários já quase não falam da gripe A, surgiu a informação de que os ganhos da indústria farmacêutica por causa e em função desta estirpe (cinco mil milhões de euros, fora a valorização das acções, o que corresponde a cerca de 1,5 vezes o PIB do desgraçado Haiti!) estão sob suspeita do Conselho da Europa que, aliás, vai debater e criar uma comissão para avaliar a pressão que, alegadamente, poderá ter sido exercida sobre a Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Compreendo todas as cautelas e prevenções sobre o que se anunciava como uma grave pandemia mundial. É daquelas situações em que mais vale errar por excesso do que por defeito. Mas hoje, face à avaliação parcial que já se pode fazer, estaremos provavelmente perante um claro exagero de previsão. Basta recordar que a OMS chegou a aventar a hipótese de poder haver mais de 70 milhões de mortes e até agora terem-se verificado menos de 13000! 

Em Portugal, onde nos foi permanentemente incutido um cenário alarmista e negro, com conferências de imprensa em catadupa "por dá cá aquela palha" e com a previsão de encerramentos temporários desde escolas a fábricas até igrejas e práticas desportivas, houve até agora 83 mortes, valor muito aquém da gripe sazonal (2000 óbitos por ano). Ao menos que esse exagero tenha trazido uma vantagem adicional: a de incitar e habituar as pessoas a uma maior cultura de higiene e profilaxia. 

As vacinas e antivirais adquiridos pelos países mais desenvolvidos sobejam por todo o lado. Primeiro por pouca certeza da OMS (duas doses da vacina primeiro e logo a seguir apenas uma), depois porque as pessoas se aperceberam de que a situação não seria tão trágica quanto se previra. Em França, por exemplo, compraram-se 94 milhões de doses e só se usaram 5%! Os grandes beneficiários desta gestão desastrosa foram, de facto, os laboratórios! 

Em escala logarítmica, repetiu-se a histeria sanitarista que, nos últimos anos, já se viu com a gripe das aves, a doença das vacas loucas e outros vírus. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Nesta voragem de psicose colectiva, a técnica do pavor não é necessariamente boa conselheira... 

Sou dos que pensam que a relação entre a OMS e a indústria da saúde deveria ser mais cristalina e escrutinável. Só por ingenuidade é que se pode achar que não há pressões num sector que move rios de dinheiro e de interesses. 

Assim, o que se constata é uma verdadeira "pandemia de lucro" embora paradoxalmente concentrada, que evidencia como poderosos interesses industriais e económicos, são capazes de influenciar os decisores institucionais, os media e, por fim, os políticos e todos os Munir Massud... :-)) 

A gripe A foi, aliás, sempre abordada como um problema de saúde focado nos países do 1º mundo, enquanto continuam a morrer diariamente milhares de pessoas nos países pobres com malária que se pode facilmente prevenir, com cólera e outras afecções evitáveis com um simples soro. Estes problemas, porém, nunca são notícia nem movem a comunidade internacional porque não são economicamente atractivos e lucrativos, apesar da Ciência (?) que está na sua génese... 

 

É esta a Ciência Ética que defende o Munir Massud...Mussud Manir...Mussir Manud...?... 

As gerações futuras de Autênticos Cientistas libertarão a Humanidade desse lamaçal.... 

 

---------------------------------------------------------------------------- 

 

Sr. ou Dr. Munir..  

 

Tenho acompanhado (lendo..óbvio) suas colocações..diga-se de passagem..escritas de forma absurdamente agressivas e REPETITIVAS!  

 

Tenho uma curiosidade..  

 

O Sr ou Dr. (sei lá eu..) não tem pacientes pra atender em seu consultorio????????? Não? Passa o dia todo na Net..repetindo..repetindo..repetindo a mesma coisa!!!!! Que tal usar seu precioso tempo de forma mais proveitosa???  

 

Nós, "pobres" pacientes..queremos APENAS saber se existem riscos..melhoras..pioras..efeitos colaterais..etc..E quais são!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  

 

NÂO queremos saber se existe ou não comprovação cientifica! Isto..ja entendemos..estamos carecas de saber..e não modifica nada!!!!  

 

PELOAMORDEDEUS..que tal mudar o rumo da prosa????????????? QUEREMOS EXPLICAÇÕES... 

 

Angela 

55 anos - Rio de Janeiro 

----------------------------------------------------------------------------- 

 

 

Marcelo Fetha (fetha@ibest.com.br)    

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2020)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org