Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.379.173 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 A AHT TEM EFEITO COLATERAL? ESTA AQUI MELHOROU, portanto

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Ver Opinião - Ver Opinião - Comentário
 Domingo, 1 de agosto de 2010 - 18:10:19 
189.63.211.229

A AHT TEM EFEITO COLATERAL? 

 

ESTA AQUI MELHOROU, portanto dificil ser efeito colateral da AHT 

 

http://inforum.insite.com.br/39614/6620793.html 

 

Data: 10/05/2008 17:15 

De: Estrela 

IP: 189.52.58.152 

Assunto: Oi Fátima 

Eu faço a auto-hemoterapia a 8 meses,minha bromidrose aliviou bastante,porq antes a minha bromidrose era forte ,ficava nas roupas ,hoje não mas,acredito q tenha sido tb da auto-hemoterapia.Bom é retirado sangue de sua veia,5ml,depois aplicada no musculo do braço ou da nádega,não ultrapassando 7 dias,eu faço uma vez por semana,minha familia toda já faz.Mas é bom vc conseguir o dvd do doutor Luiz Meira ,lá vc verá mas detalhes.Bjosss  

Marcelo Fetha    

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org