Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 3.476.934 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Eu recomendo!!!

Auto-Hemoterapia - Depoimentos - Participação
865
Terça-feira, 15 de fevereiro de 2011 - 14:30:01
201.67.175.29
Enfermidades selecionadas 
 Cistos de ovário
 Dor na coluna
 Dor na(s) perna(s)
 Dores articulares
 Enxaqueca
 Gripe
 Hipotireoidismo
 LER - Lesão por esforço repetitivo.

Eu recomendo!!!

Há dezoito(18) anos atrás, com problemas circulatórios, comecei com a auto-hemoterapia. Após algumas aplicações já senti o efeito positivo, pois, além de melhorar visivelmente dos problemas de circulação, senti mais vigor e energia vital. As dores nas pernas e coluna sumiram, nunca mais adquiri gripes de qualquer espécie, meu cabelo ficou mais volumoso e parou de cair, minhas unhas mais fortes, minha pele rejuveneceu e mantenho uma atividade invejável! Além disso, os cistos do fígado desapareceram!!! Meus médicos elogiam meus exames e ficam admirados com meu estado físico. Em todos esses anos de tratamento só vi e senti benefícios e recomendo a todos, pois PREVENIR é o melhor "remédio"!!!  

Clarice Gontow
69 anos
- Florianópolis/SC

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 4 comentários  -  4 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Segunda-feira, 1 de agosto de 2011 - 18:24:28 
187.52.147.57

Leonardo, com relação ao fígado, nunca senti absolutamente nada. Ao fazer os exames anuais, solicitados pela ginecologista, foram aparecendo e ela dizia não ser nada preocupante. Com o tempo e a AHT eles foram diminuindo e desaparecendo gradativamente. Nunca mais coloquei álcool na boca, pois ele é  ... (total de 905 caracteres)

CLARICE GONTOW  
FLORIANOPOLIS

 Segunda-feira, 1 de agosto de 2011 - 16:53:10 
187.126.82.18

Oh, minha amiga! Obrigado pela resposta tão solícita. 

 

Sou praticante de AHT há mais de seis meses, com aplicações semanais. Iniciei devido a uma doença autoimune denominada Tireoidite de Hashimoto, que são seus próprios anticorpos atacando a Tireóide, fato este que deu origem a 3 nódulos nesta  ... (total de 1189 caracteres)

Leonardo Cardoso Ferreira  
Rio de Janeiro

 Segunda-feira, 1 de agosto de 2011 - 16:22:55 
187.52.147.57

Prezado Leonardo, como já comentei, faço a AHT há dezoito(18) anos. O cisto em meu fígado tinha 8cm!!! Repito o tratamento duas vezes ao ano, sendo as aplicações de 10ml, uma vez por semana. Só não faço no verão porque a energia aumenta e o calor se torna insuportável! Esse é o único período de  ... (total de 608 caracteres)

CLARICE GONTOW  
FLORIANOPOLIS

 Segunda-feira, 1 de agosto de 2011 - 16:04:12 
187.126.82.18

Cara Clarice Gontow, 

 

gostaria, se possível, a caridade de um relato mais detalhado sobre a questão do desaparecimento dos cistos do fígado. 

 

Estou com um de cerca de 1 cm. Os seus, por exemplo, eram de que tamanho? 

 

Outras 2 perguntas. Qual a dosagem (mls) e peridiocidade (5 em 5 dias, 6 em  ... (total de 422 caracteres)

Leonardo Cardoso Ferreira
35 anos
- Rio de Janeiro



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2020)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org